• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Como o Oscar de melhor filme é escolhido?

POR Luara Vargas    EM Fatos Nerd      21/01/19 às 14h54

Cinéfilos de todo o mundo estavam ansiosos para a divulgação dos indicados para a maior premiação do cinema. A corrida para o Oscar chegou e, enquanto a Academia realiza seus últimos afazeres, uma dúvida não quer calar: quem levará o prêmio máximo para casa?

Muitas vezes, é comum que o favorito pelo público não receba as indicações esperadas. Sendo assim, muita gente se pergunta como ocorre essa seleção. Dentre centenas de títulos e obras lançadas durante um ano, como pode ser possível escolher o melhor? Para sanar suas dúvidas, preparamos hoje um pequeno informativo mostrando como o Oscar de Melhor Filme é escolhido. Observando bem, o processo é mais simples do que você imagina. Vamos entender um pouco mais?

Como é feita a indicação para o Oscar?

Entre 1945 e 2008, era costume que a Academia indicasse sempre um total de cinco selecionados para a categoria, mas em 2009 as coisas passaram a ser diferentes. Neste mesmo ano, se abriu espaço para que dez filmes concorressem ao prêmio de Melhor Filme. Como se não bastasse, em 2011 novas modificações foram realizadas. Agora, a Academia poderia indicar até dez obras, variando a quantidade a cada cerimônia. Essa alteração foi realizada sob alegações de que apenas os filmes merecedores realmente deviam receber tal nomeação. Desde então, não houve um total de dez indicações para o prêmio.

Agora você deve estar se perguntando como essa indicação ocorre, certo? Pois bem, quando são abertas as votações, todos os membros da Academia começam a enviar seus selecionados. Cerca de oito mil membros são convidados a nomear suas cinco melhores seleções em ordem de preferência, com seus favoritos indo para o primeiro lugar. Depois que a votação é fechada, e os resultados preliminares são tabulados, um filme precisa garantir 5% dos votos de primeiro lugar para ganhar uma indicação ao prêmio. Durante o processo, os títulos que não receberam pontos o suficiente vão sendo eliminados. Quando descartados, os votos que tais filmes continham são transferidos para os primeiros colocados. Assim, são realizadas diversas rodadas de eliminação até que os candidatos finais sejam escolhidos.

Escolhendo o vencedor

Uma vez que as indicações são definidas, é hora de escolher o vencedor. Vamos supor que nove filmes tenham sido indicados ao prêmio. O Melhor Filme é escolhido pela disputa preferencial. Dessa forma, os membros da Academia devem posicionar os nove filmes em ordem decrescente, sendo o primeiro seu favorito. Dentre os nove indicados, recebe o prêmio aquele que atingir 50% dos votos em primeiro.

Mas o que ocorre quando nenhum filme consegue alcançar os 50%? Bem, quando isso acontece o processo de seleção volta a parecer o realizado para selecionar os indicados. Desses nove filmes selecionados, o que receber menos votos acaba sendo eliminado. Assim, seus pontos são redistribuídos aos demais. Esse método se repete até que sobre apenas um título ou até que algum deles alcance o percentual necessário para ser considerafo o vencedor.

Viu como não é tão complicado? Sendo um processo tão rigoroso é difícil que aconteça erros, não é mesmo?

Já sabia como funcionava o processo de seleção para o Oscar de Melhor Filme? Quais suas apostas para o vencedor desse ano? Conta para a gente!

Próxima Matéria
Luara Vargas
Um conjunto de coisas estranhas. Insta: @luara_vargas
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+