Como os brasileiros podem ajudar os refugiados da Síria?

POR Ultra Curioso    EM Lugares & Construções      04/09/15 às 18h51

Em uma guerra não há vencedores, apenas derrotados. Vidas inocentes são perdidas, países são destruídos, o sangue escorre pelas ruas e sonhos humanos são pisoteados, em nome da intolerância, da ganância e da soberba. E enquanto você lê esta matéria, muito provavelmente a Síria está vivenciando tudo o que foi descrito acima, da pior forma possível.

Desde 2011, a Síria vive um verdadeiro inferno na Terra com uma sangrenta guerra civil. Para entender bem, uma guerra civil é quando um país se divide internamente e passa a brigar entre si, gerando morte e caos. As motivações são geralmente políticas e ideológicas e, no caso da Síria, mais de 200 mil mortos já foram contabilizados em nome de uma guerra de teor governamental.

Uma parte do povo briga pela saída de Bashar Al-Assad, um ditador que comanda o país desde o ano de 2000. Al-Assas não foi eleito, mas recebeu o cargo de seu pai que ficou no poder por mais de 30 anos. Outra parte da população guerreia pela permanência de Al-Assad no poder.

A situação no país está tão crítica, que milhares de cidadãos sírios estão fugindo do país e buscando refugio nos países da Europa e América. Na Síria já falta até comida, e o simples ato de caminhar pelas ruas já pode ser considerado uma atitude de risco.

210814_siria_guerra

Entretanto, os países europeus começaram a se negar a receber os refugiados sírios em seus domínios. Nações como Reino Unido, Itália e Irlanda passaram a alegar que 'não tinha estruturas' para receber os indivíduos que fugiam do conflito no seu país de origem.

Uma foto que viralizou recentemente fez com que alguns países, como o Reino Unido, percebessem o que estavam fazendo e voltaram atrás. Além de fazer com que muitos cidadãos comuns fizessem protestos para a abertura das fronteiras para os refugiados, e até ofereceram suas casa para abrigar os sírios.

A foto que foi milhões de vezes compartilhada nas redes sociais e pelos meios de comunicação chocou o mundo inteiro. Ela mostra o corpo de um menino sírio de três anos de idade, chamado Aylan Kurdi, que morreu afogado em alto mar enquanto tentava fugir da Síria com seus pais. O corpo chegou até uma praia turca e causou comoção mundial.

size_810_16_9_menino-sirio

Diante disso, além dos europeus muito brasileiros manifestaram interesse em ajudar os refugiados, mas sem saber como fazer isso. E é por isso que o Ultra Curioso vai te mostrar como os brasileiros podem ajudar os refugiados da Síria.

Vamos listar algumas organizações humanitárias que atuam no Brasil, e que ultimamente têm angariado fundos para auxiliar e abrigar os refugiados. Para cada organização, disponibilizamos o link onde é possível acessar e fazer sua doação que vai ajudar a alimentar e abrigar os sírios que fogem do horror da guerra em seu país.

Por mais que seja uma pequena contribuição, ela fará uma diferença enorme na vida de alguém. Ajude e apoio essa causa!

Unicef: para ajudar as crianças sírias através da Unicef, basta clicar aqui.

Acnur: para ajudar através da organização Acnur, é só clicar aqui.

Rescue International: para ajudar através da ONG internacional Rescue International, clique aqui.

Save the Children: a ONG Save the Children é outra que também angaria fundos para os refugiados sírios, você pode ajudar clicando aqui.

refugiados-síria

Ultra Curioso
Ultra Curioso o acervo de um dos maiores sites de curiosidades brasileiros.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+