Fatos Nerd

Como The Batman será diferente das adaptações anteriores do herói?

0

Após anos formulando o Universo Estendido da DC nos cinemas, a Warner Bros. acabou botando tudo a perder após a falha épica que foi a Liga da Justiça de Joss Whedon. Como resultado disso, a empresa teve de improvisar e, depois da recepção surpreendentemente positiva de Coringa, foi decidido que valia a pena investir em filmes independentes dos personagens da DC. Espera, isso significa que o Universo Estendido será deixado de lado? Não, querido dcnauta. Isso quer dizer que o conceito de multiverso será explorado, assim como a DCTV já vem fazendo há tempos. Sendo assim, The Flash será responsável por explicar o porquê de haverem dois Batmans na grande tela, permitindo assim que The Batman existir em seu universo à parte e contar com uma mitologia inédita.

Dirigido por Matt Reeves, The Batman tem sido vendido como o primeiro longa de uma potencial trilogia. Além disso, antes mesmo de sua estreia oficial nos cinemas, o filme já teve uma série derivada confirmada no HBO Max. Logo, podemos notar que a Warner tem grandes planos para o Homem-Morcego de Robert Pattinson e todo o universo em volta dele. Sendo assim, inspirados pelo Screen Rant, decidimos especular sobre como o projeto de Reeves trabalhará a mitologia do Batman e quais elementos serão reformulados em comparação ao que já vimos do vigilante na grande tela.

Como The Batman difere das outras adaptações do Homem-Morcego?

Antes de tudo, é necessário fazer uma recapitulação. Embora muitos acreditem que a história do Batman nos cinemas começou em 1966 com Batman: The Movie, uma adaptação da série de TV estrelada por Adam West, o SR afirma que a primeira aparição do Cruzado Encapuzado na grande tela se deu em 1940, graças a dois filmes em série intitulados Batman e Batman and Robin, com Lewis Wilson e Robert Lowery como Bruce Wayne, respectivamente. Pois bem, após esse passo inicial houveram diversas iterações do Cavaleiro das Trevas na sétima arte. Astros como Michael Keaton, Val Kilmer, George Clooney, Christian Bale e, mais recentemente, Ben Affleck, já assumiram o manto do herói e de seu alter ego milionário.

Em paralelo à alternância dos atores que incorporaram o Batman, também é notável a ampliação da seriedade que o vigilante e sua história adquiriram nessas adaptações. Cada Batman tem seu próprio estilo, que não depende apenas do ator, mas também do ano em que o filme foi realizado, do diretor e da história. Só para ilustrar, inicialmente, na versão de Adam West, a narrativa era mais voltada para a comédia; já com Keaton era perceptível uma concentração e calma maior na hora de enfrentar os vilões; o Batman de Val Kilmer era elegante e vulnerável, um bom equilíbrio para contrastar com a colorida Gotham e vilões exagerados de Joel Schumacher; não há o que falar sobre o grande desastre que foi o Batman de Clooney; Christian Bale focou no trauma, o que ajudou a tornar o personagem mais realista; e, por fim, a versão de Affleck era mais madura e viciosa, o que acabou dividindo o fandom.

Sendo assim, o que podemos esperar de Pattinson? Bom, desde já é certo que será uma versão muito mais jovem do que as citadas anteriormente. O Batinson estará em seu segundo ano de luta contra o crime, o que exclui a apresentação de uma história de origem, mas também delimita muito bem a falta de experiência do herói. Portanto, acompanharemos o desenvolvimento desse personagem de uma forma mais orgânica do que foi exibido anteriormente, o que pode vir a ser muito interessante se realmente houver uma trilogia. Ademais, é altamente improvável que este novo Batman tenha tons cômicos mas pode ser que vejamos um humor ácido ou, no mínimo, peculiar.

Fonte: Screen Rant
Imagens: Warner Bros.

10 famosos que casaram com seus amores de adolescência

Matéria anterior

8 mascotes mais estranhos dos quadrinhos

Próxima matéria

Mais em Fatos Nerd

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.