Quando nasce um filho com toda a certeza os pais querem fazer de tudo para que ele cresça saudável e da melhor maneira possível. Para isso, tentam ao máximo protegê-lo de coisas ruins. Mas às vezes coisas inesperadas acontecem e, sem querer, os próprios pais viram o perigo do bebê.

Foi com a intenção de alertar outros pais que Alex Upton, mãe do bebê Erza, resolveu compartilhar sua história e como seu filho, de apenas quatro meses, quase perdeu seus quatro dedos do pé.

Alex foi acordada com o choro de seu bebê pela manhã e viu que o pequeno se recusava a mamar e ela não sabia o porquê. Somente quando ela foi trocar o neném que viu que os dedos do pé dele estavam vermelhos e quando olhou com mais atenção descobriu que um fio de cabelo estava preso entre eles. "Ele deve ter ficado lá por 12 a 14 horas! Eu fiquei com medo que Ezra perdesse alguns de seus dedos e ele certamente teria perdido se não tivesse notado a tempo”, contou.

Publicidade
continue a leitura

Cabelo

O fio de cabelo, que estava prendendo os dedos de Erza, eram de sua mãe, e depois que conseguiu retirá-lo, ela levou seu filho ao hospital para ver se estava tudo bem com os dedos do menino. “O médico viu que estava tudo bem, só passou uma pomada antibacteriana”, disse.

Publicidade
continue a leitura

Falando sobre sua experiência, Alex espera que outros pais fiquem mais atentos com seus filhos também. “A partir de agora eu sempre vou checar os dedinhos do meu filho. Minha orientação para outros pais e mães é sempre checar os dedinhos do pé e da mão de seu filho antes de colocar uma meia ou luva”, concluiu.

Síndrome

O que aconteceu com Erza é muito raro e é chamado de Síndrome de Torniquete de Cabelo, que é quando um fio de algum material se enrola em alguma parte do corpo do bebê, normalmente os dedos ou genitais, e acaba impedindo a circulação. Nos casos mais graves, essa síndrome pode levar à amputação.

Publicidade
continue a leitura

Essa síndrome é mais frequente nos primeiros meses de vida porque nessa época existem partes do corpo do bebê que podem ser machucadas pelas menores coisas como um fio de cabelo, e porque nessa fase as mães têm forte queda de cabelo.

O mais comum é que ela afete os pés dos bebês e o aconselhável é sempre olhar para ver se tem algum fio de cabelo dentro das meias da criança. Caso exista o fio, claramente, você deve retirá-lo e se não conseguir leve seu filho ao pronto-socorro assim que notar o problema. Depois o tratamento com pediatra é sempre importante para evitar complicações.

Publicado em: 09/10/18 16h00