• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

13 melhores momentos da Comic Con Experience 2018

POR Gabi Noronha    EM Notícias      10/12/18 às 19h03

O ano de 2018 tem sido bastante especial para os amantes da cultura pop e em todas as áreas do entretenimento. No cinema, tivemos filmes como Pantera Negra fazendo história no meio dos super-heróis. Também houve tantos games bacanas lançados ao longo do ano que ficou difícil escolher o melhor. Além de tudo, tivemos vários projetos anunciados, os quais visam um futuro brilhante para a indústria do entretenimento. Para fechar o ano, dezembro foi ainda mais especial para os brasileiros com uma ajudinha da Comic Con Experience, a CCXP.

Há alguns anos, o Brasil possui uma Comic Con para chamar de sua. O evento começou tímido, com pouco público e convidados um tanto fora do circuito comercial. Aos poucos, a convenção cresceu e na edição comemorativa de seu quinto ano, provou que veio para ficar. A 5ª CCXP foi a maior de todas, em relação à público e importância. Os convidados excederam as expectativas, os fãs tiveram várias surpresas e materiais foram inéditos.

A Fatos Nerd cobriu os quatro dias de evento e agora listamos para vocês o que de melhor aconteceu por lá.

Quinta-feira

1 - Game of Thrones

No primeiro dia de CCXP teve Ricky Whittle falando sobre a próxima temporada de American Gods. E também Peter Jackson, via videoconferência, comentando sobre seu próximo filme, Máquina Mortais, no qual atua como produtor. Contudo, o maior destaque foi mesmo para Game of Thrones.

O painel contou com a presença dos atores John Bradley (Sam), Maisie Williams (Arya Stark) e dos criadores D.B. Weiss e David Benioff. Os atores falaram sobre seus respectivos personagens e o que esperar deles para a última temporada da série. De modo geral, o painel não revelou informações a respeito do final. No entanto, Williams cometeu um "pequeno deslize" e chegou a comentar que Arya vai matar muito mais gente nos últimos episódios. Já estamos ansiosos!

Para encerrar, foi exibido em primeira mão um teaser da próxima, e última, temporada da série. O qual você pode conferir logo abaixo.

Sexta-feira

2 - Universo MSP

Um dos encantos do segundo dia foi a presença de Mauricio de Sousa e sua criação. O painel foi dedicado ao filme Turma da Mônica: Laços e contou com a participação da equipe do diretor Daniel Rezende e dos atores mirins e adultos. Mauricio revelou que assistiu apenas a metade do filme e que chorou todo o tempo. Rezende comentou que durante as gravações, o autor falava: "quando eu desenhei tinha exatamente essa imagem na cabeça".

A atriz Giulia Benite (Mônica) compartilhou uma curiosidade dos bastidores. De acordo com ela, "o mais legal foi usar os dentes. Usava prótese para cobrir também o dente que caiu e eu acabava quebrando todos", revelou toda risonha.

Turma da Monica: Laços estreia dia 27 de julho de 2019.

3 - Smallville e Tom Welling

Impossível falar em Smallville e não mentalizar a música "Somebody Save Me". Justamente por isso, no painel sobre o legado da série, o evento presenteou os fãs no auditório com a música tocada ao vivo pela banda Leela. Logo depois, houve um bate-papo com o ator Tom Welling, que viveu Clark Kent no programa por uma década. Ele comentou sobre o impacto da série e como ela ajudou a abrir as portas para o Arrowverse da atualidade. Embora o herói já houvesse sido retratado tanto no cinema como na televisão, em Smallville foi a primeira vez na qual Superman interagiu com outros. Por mais duvidosos que tenham sido, o programa teve coragem de mostrar heróis como Aquaman, Arqueiro Verde, Canário Negro, Kid Flash e alguns tantos outros. Incluindo certos vilões.

Tom Welling não deixou de lembrar sobre seu momento com Christopher Reeve, o eterno Homem de Aço, nos sets de gravação de Smallville. De acordo com o ator, Reeve só poderia ficar por três horas, devido a ordens médias. Mas, claro, ele sempre estendia sua participação, com observações e histórias sobre os filmes do herói nos anos 1970. "[Christopher Reeve] contava histórias engraçadas das gravações do filme dos anos 1970. Como o voo era muito experimental e ele vivia caindo. E uma vez falou que ficou feliz de me ver assumindo o papel de Clark", contou.

O painel fez parte da comemoração dos 80 anos de Superman, completados em junho deste ano.

4 - Fox Films com X-Men: Fênix Negra

O palco recebeu o diretor Simon Kinberg e as atrizes Jessica Chastain e Sophie Turner para falarem um pouco sobe o filme. Fênix Negra encerra a era dos heróis na 21st Century Fox, lembrando que esta foi comprada pela Disney este ano. Kinberg explicou que uma das diferenças básicas entre esse e O Confronto Final é o elemento cósmico, ausente no longa de 2006.

Turner disse que este é seu papel mais desafiador e se sentiu poderosa ao interpretar Jean Grey. "Descobri várias partes de mim que eu nem sabia ter. Interpretá-la foi incrível". A atriz também disse que essa versão da personagem não foi mostrada ainda. "Esta é uma Jean Grey diferente dos outros filmes porque aqui ela se transforma e atravessa diversos sentimentos, enquanto tenta se encontrar".

Jessica Chastain destacou a importante presença feminina no filme. "Eu queria ver mais mulheres chutando bundas. Este filme foca nas "X-Woman" e acho isso muito bom". Para completar, a atriz lembrou sobre o fato dos X-Men terem boa concentração das super-heroínas mais fortes da Marvel. Segundo ela, "isso é refletido em Fênix Negra e também neste palco". Nem preciso falar do quanto o público aplaudiu!

O painel terminou com a exibição de 15 minutos do filme. O mesmo trecho exibido na Comic Con de Nova York foi reproduzido para o público brasileiro. Nele, vemos a missão especial na qual Jean entra em contato com a Força Fênix pela primeira vez. Mística (Jennifer Lawrence) continua como líder da equipe. Por outro lado, algo de muito errado aconteceu ao Professor Xavier (James McAvoy), já que este, em poucos minutos, se mostrou um grande babaca. Lembrando que o filme começa com um salto temporal de dez anos, desde o evento de seu antecessor.

5 - Pré-estreia de Aquaman

Depois do painel da Fox, foi a vez do público aproveitar a pré-estreia de Aquaman. Infelizmente, não podemos nos aprofundar no filme até a próxima semana. Contudo, o que podemos dizer é que ele está incrível! A Warner apostou, sabiamente, em conceder mais liberdade criativa a James Wan, o qual não desperdiçou a chance. Com Aquaman, a DC respira aliviada para um futuro promissor.

O painel fechou com a participação via videoconferência de Jason Momoa. Apesar de um pequeno problema técnico, o pessoal curtiu bastante. Talvez não mais do que o próprio Zachary Levi aparecer de surpresa no palco para o delírio geral do público.

Sábado

6 - Vidro e M. Night Shyamalan

O cineasta Shymalan explodiu para o mundo com o sucesso de O Sexto Sentido, em 1999. Famoso pelas grandes reviravoltas em suas obras, ele conversou um pouco sobre Vidro, filme sequência de Fragmentado que, por sua vez, é continuação de Corpo Fechado. O diretor revelou que inicialmente faria apenas um filme para contar a história planejada, na qual mostraria Kevin (James McAvoy) em paralelo com a jornada de David (Bruce Willis). No entanto, desistiu da ideia quando percebeu que o passado de Elijah (Samuel L. Jackson) ficaria de fora. Dessa forma, ele resolveu que o melhor seria realizar uma trilogia. Só não contava com o intervalo de dezesseis anos entre o primeiro e segundo.

Shyamalan conta que a inspiração para o último filme veio de Um Estranho no Ninho, um de seus longas favoritos. Ele também confessou ter esquecido de colocar algumas referências em Fragmentado. Por exemplo, os poderes dos três protagonistas são derivados de doenças reais. E Kevin seria filho de uma mãe abusiva, com a qual David teria se encontrado brevemente em Corpo Fechado.

Vidro estreia dia 17 de janeiro.

7 - The Umbrella Academy

A nova série da Netflix é uma adaptação dos quadrinhos de Gerard Way, vocalista da banda My Chemical Romance, com ilustrações do brasileiro Gabriel Bá. Eles iniciaram a conversa sobre a parceria no trabalho, a história e adaptação. Em sequência, o palco recebeu o elenco principal da série: Tom Hooper (#1 Spaceboy), David Castañeda (#2 The Kraken) e Emmy Raver-Lampman (#3 The Rumor). Porém, sem ter sido anunciada antes, eis que Ellen Page (#7 White Violin) também aparece no palco, para o delírio ensurdecedor da plateia. Os presentes convidados falaram sobre o processo de adaptação e comentaram rapidamente sobre a história. A premissa parte do princípio de sete crianças com superpoderes, adotadas por um velho milionário. A série terá certo teor de violência e será mais sombria. Tal como imaginada por Way e Bá.

Também foi mostrado em primeira mão o primeiro teaser da série, o qual você confere logo abaixo. No fim do painel, houve chuva de papeis picados e a plateia foi presenteada com donuts! The Umbrella Academy estreia dia 15 de fevereiro na Netflix.

8 - Marvel e Sebastian Stan

Sem dúvidas, o painel mais concorrido, de maior destaque e mais eufórico de sábado. Presente no universo cinematográfico Marvel desse Capitão América: O Primeiro Vingador, o personagem de Sebastian Stan ganhou mais destaque em Capitão América: Guerra Civil. Proibido de comentar qualquer detalhe sobre Vingadores: Ultimato, o ator se conteve em falar sobre a oportunidade de interpretar Bucky Barnes. "Me sinto privilegiado por interpretá-lo a tanto tempo. No início, nenhum de nós sabia qual caminho ia seguir, se ia virar o Soldado Invernal. Então, teve todas essas fases surreais. Finalmente, em Guerra Infinita, pareia que Bucky estava voltando a sua verdadeira essência. Não sei se há muito futuro para ele depois disso". O ator ainda comentou sobre Stan Lee. Disse que todas as vezes que o encontrava, o autor dizia "lembre-se que Bucky é um dos good guys".

9 - Marvel e Brie Larson

Dando continuidade ao painel da Marvel, o auditório faltou ir abaixo quando Brie Larson entrou no palco. Antes de descobrirmos como os Vingadores irão derrotar Thanos e desfazer suas ações, Capitã Marvel será oficialmente introduzida ao universo compartilhado. A atriz mostrou carisma e não deixou de exaltar o girl power durante a conversa sobre o filme e sua preparação para viver a heroína.

"Capitã Marvel é a personagem mais forte do universo cinematográfico da Marvel. Ela já era poderosa antes mesmo de ganhar poderes. Eu tive sorte de ter sido contratada dois anos antes de começar tudo. Fiz aulas de taekwondo e jiu jitsu. Fiz nove meses de preparação física, consegui levantar mais de 100 kg e até empurrei um jipe. Li os quadrinhos e me preparei muito. E, mesmo assim, tive duas dublês. Ou seja, são necessárias três mulheres para demonstrar o poder dela, já que Carol adora lutar. Ela vê prazer nisso", comentou. Larson disse que o filme também servirá como espécie de história de origem também para Nick Fury (Samuel L. Jackson). O ator reaparecerá rejuvenescido digitalmente, como vimos nos trailers. Brie Larson conta que foi ótimo ter o ator como parceiro. Ela descreveu o filme como uma mistura de gêneros, pois há ação, drama e, claro, humor. Prova disso foi o trecho inédito exibido para o público presente, o qual você confere a descrição logo abaixo.

Em uma das partes do trailer, Carol Danvers é mostrada presa em uma máquina de cabeça para baixo. A cena começa a partir desse ponto. Carol foi capturada pelos Skrulls. Por meio do dispositivo, eles vasculham sua memória em busca de algo. Nesse momento, ela lembra de sua vida na Terra, da época em que servia a Força Aérea Americana e de sua amiga e parceira no trabalho, Maria Rambeau (Lashana Lynch). Ela consegue se libertar e começa uma intensa luta com eles. Mesmo impossibilitada de soltar energia pelas mãos, pois essas estão cobertas de metal, Carol mostra domínio da situação. Na cena vemos o quanto a personagem é brutal e sarcástica. Ao finalmente conseguir soltar as mãos, Carol faz um buraco na nave, o qual suga os Skrulls para o espaço. Ela foge em uma nave menor, não antes de acionar seu elmo moicano.

Capitã Marvel estreia dia 7 de março. E já estamos na contagem regressiva.

10 - Sony e Homem-Aranha

Assim como seu antecessor, Homem-Aranha: Longe de Casa é produzido pela Marvel Studios, porém, a divulgação acontece pela Sony Pictures. Por isso, o herói aracnídeo foi destaque no painel do estúdio. E bota destaque nisso! Sem nenhum ator ter sido anunciado antes, houve pessoas que esperavam pouco. Mero engano. O evento levou de surpresa para o palco ninguém menos que o próprio Tom Holland e Jake Gyllenhaal. Além da participação de Jacob Batalon (Ned). Gyllenhaal estava bastante animado e não poupou elogios para Holland, "ele é o melhor Homem-Aranha até agora". O protagonista, por sua vez, disse que este filme "será muito melhor que o primeiro. O foco será a relação entre Peter e Mysterio", contou.

Tom Holland também se emocionou ao falar de Stan Lee e lembrar o dia que ele o aprovou como Homem-Aranha. "O dia em que consegui essa aprovação foi o mais feliz da minha vida". Segundo ele, o que Lee criou "ficará para sempre". O painel exibiu com exclusividade o primeiro trailer de Homem Aranha: Longe de Casa, sem data ainda para sair online. O qual você confere a descrição logo abaixo.

Sem mencionar qualquer pessoa ou evento de Guerra Infinita, o trailer começa com uma espécie de sonho. Peter está com seu traje de Homem Aranha em meio a seus colegas na escola. Tia May parece estar ciente de ele ser o herói e ainda aparece flertando com Happy, o segurança de Tony Stark. Em seguida, Peter arruma suas malas para ir de férias com os amigos à Europa. Porém, deixa o uniforme em casa, com a garantia de que não iria precisar dele. Gwen Stacy é mostrada brevemente durante a viagem. Tal como seus amigos Ned e MJ (Zendaya). O destaque fica com Nick Fury, que aparece de surpresa na Europa e entrega a Peter um novo traje, vermelho e preto. O trailer encerra com a primeira aparição de Jake Gyllenhaal como Mysterio, ainda sem seu famoso capacete.

Homem Aranha: Longe de Casa estreia dia 7 de julho.

Domingo

11 - Warner e DC

O painel da Warner contou com mais detalhes sobre Godzilla II: Rei dos Monstros e um trailer inédito divulgado em primeira mão no evento. O público também conferiu as primeiras imagens de It - Parte 2. Houve um bate-papo com Justice Smith, protagonista de Pokémon: Detetive Pikachu. Também tivemos a exibição de Creed II e a participação dos atores Florian Munteanu, Michael B. Jordan, a super fofa Tessa Thompson. Já pela parte dos heróis da DC Comics, foi exibida uma cena de Mulher Maravilha 1984. A mesma passada em San Diego, no meio do ano, na qual mostra a heroína enfrentado alguns bandidos numa lanchonete da época. Nada de novo.

Quem roubou mesmo a cena foi Zachary Levi, já há dois dias no evento para promover Shazam! O ator é super simpático e se mostrou mais empolgado do que qualquer outra pessoa. O ator fala sobre o personagem sempre com muito carinho e alegria. E ainda sonha em entrar para a Liga da Justiça. "Estou muito honrado em fazer parte disso. Adoraria estar na Liga da Justiça. Imagina o Shazam correndo com o Flash (Ezara Miller)! Olhar igual um bobo para Superman (Henry Cavill) e ficar encantado com a Mulher Maravilha (Gal Gadot)".

O ator se diz bastante entusiasmado (algo bem visível) e comentou um pouco sobre o personagem. "Billy é uma criança com poderes. Ele não lida com seus problemas de forma pessimista. Ele está animado para salvar o mundo!", revelou. Para contagiar ainda mais a multidão, ele exibiu uma pequena cena do filme. Confira a descrição logo abaixo.

A cena apresentou o primeiro encontro entre Shazam e Dr. Silvana (Mark Strong). Nela, o clima leve no filme fica bem evidente. A sequência exibida foi curta, até porque o longa ainda está em fase de pós-produção. Na qual os efeitos especiais são colocados e aprimorados. Assim, o confronto dura poucos minutos e mostra o quanto Billy Batson (Asher Angel), o jovem de 14 anos, não tem controle sobre os poderes de Shazam. O resultado é uma surra de Dr. Silvana. Um dos momentos mais engraçados está quando o herói é arremessado para o alto pelo vilão e, sem saber voar por enquanto, e começa a gritar "Superman, Superman".

Shazam! estreia dia 4 de abril.

12 - Sandra Bullock e Bird Box

Mais uma vez se mostrando a verdadeira Miss Simpatia, Sandra Bullock subiu ao palco da CCXP para promover o filme Bird Box (Caixa de Pássaros). Para conversar sobre a adaptação do livre, ao seu lado também esteve Trevante Rhodes, colega de elenco e o produtor Dylan Clark. A atriz falou sobre sua personagem e como foi viver uma mãe fora dos padrões apresentados no cinema. "Sempre vemos mães sendo impecáveis em filmes, então foi legal interpretar uma mãe fechada e poderosa. Afinal, mães são bad ass! Inclusive, o rio [o qual sua personagem atravessa com os filhos] é uma metáfora para a maternidade. Sobre os altos e baixos da situação. Eu tenho medo, todos os dias, de orientar meus filhos para o caminho errado", contou. Como não pôde trazer os filhos na viagem, a plateia cantou "Parabéns" para eles. Foi emocionante. Sandra Bullock entrou e saiu ovacionada do auditório lotado.

Bird Box teve sessão exclusiva para o público presente. O filme estreia na Netflix dia 21 de dezembro.

13 - As crianças de Stranger Things

A CCXP fechou sua quinta edição com o painel de Stranger Things e a participação de Noah Schnapp (Will), Caleb McLaughlin (Lucas) e Sadie Sink (Max). O trio trocou uma conversa animada sobre seus personagens e, em especial, a respeito da época na qual a história se passa. Já que nenhum viveu na década de 1980, todos acham que gravar no set com decoração do período foi uma ótima experiência. Sink comparou esses momentos como "uma máquina do tempo". Já Schnapp disse que "estar no set de filmagens é como viver naquela década. A vibe dos anos 80 é incrível", completou. Todos eles também concordam que a história não seria possível nos dias atuais, pois Will seria achado rápido demais devido a rastreadores GPS.

Durante o painel, um teaser revelou os títulos dos oito episódios da temporada. São eles: Está Me Ouvindo, Susie?; O Caso dos Ratos; O Salva-Vidas Desaparecido; A Prova da Sauna; A Fonte; O Aniversário; A Mordida e A Batalha de Starcourt. De acordo com Sadie Sink, na terceira temporada irá surgir outra forte personagem feminina. A atriz, contudo, ainda não foi anunciada pela Netflix. Para encerrar, Noah Schnapp disse algo, no mínimo, misterioso. "Os monstros estão se espalhando na terceira temporada. Espalhar (spread) é uma palavra-chave para o nosso programa. Guardem isso", completou.

A Fatos Nerd esteve presente nos quatro dias do maior evento nerd do Brasil para trazer mais notícias e novidades a vocês. Agradecemos a todos que acompanharam nossa cobertura via Instagram. Ano que vem tem mais!

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Mais aventuras em Instagram: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+