• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Conheça 5 lugares do submundo da mitologia grega

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      23/07/19 às 18h15

Os fãs de mitologia grega, provavelmente, já ouviram falar sobre o submundo, o lugar onde os espíritos dos mortos iriam. O submundo, ou propriedade de Hades como também é conhecido, fica localizado no fundo da Terra, abaixo do céu e do submundo regido por Zeus, sob o comando de Poseidon. O submundo grego recebeu o nome de Hades, em homenagem ao deus, que reinou sob ele. E, por vezes, o termo submundo e Hades são usados como sinônimos, mas, na verdade, o submundo todo é mais amplo do que Hades, e abrange também Erebus, que é uma região das trevas que precede o autêntico Hades. Mas é comum que os dois se refiram ao mesmo lugar onde as almas dos mortos vivem pela eternidade.

Segundo a mitologia grega, o destino final de cada indivíduo dependia de como foi a sua vida anterior. Se você fosse humano, semideus ou um Titã, o seu destino seria Hades, mas isso é claro, se Zeus permitisse. Poucos foram salvos de viver para sempre no submundo, um deles foi Pégaso. Ele teve a sorte de ser libertado pela graça divina, mas quase ninguém nunca conseguiu sair do submundo grego. Mas o que esperar do submundo? Confira 5 lugares onde as almas passam até chegar no seu destino final.

1 - Erebus

Erebus significa escuridão, sombra ou negritude. Essa palavra foi usada para se referir a um deus que incorporou as trevas primitivas e, posteriormente, para designar um dos lugares mais sombrios do submundo. Conhecido como a escuridão eterna. O Erebus fica localizado na entrada do submundo grego, e é o primeiro lugar onde os mortos passam quando são enviados para Hades. Segundo a mitologia, Erebus é descrito como um "lugar de escuridão entre a Terra e o inferno".

2 - Campo de Asfódelos

O Campo de Asfódelos é um dos três principais lugares dentro das divisões do submundo grego. Sendo o lugar de destino das almas dos humanos comuns, aquelas que não foram consideradas nem más e nem boas. As que não fizeram nada de extraordinário na sua vida anterior. Aqueles os quais tiveram o bem e o mal em suas vidas de forma equilibrada, e por isso, iriam para o Campo de Asfódelos. Esse local poderia ser o lugar mais agradável de todo o submundo. Lá, os mortos podiam se alimentar de Asfódelos (plantas comestíveis), que cresciam por toda a parte. Eles tinham a única tarefa de continuar cumprindo obrigações diárias de forma monótona.

Não é como se as coisas fossem boas ou ruins, no Campo de Asfódelos, tudo era neutro, o que transformou o lugar em algo fantasmagórico. Isso porque, antes de serem enviados para o Campo de Asfódelos, as almas bebiam um leite específico. A bebida fazia com que eles perdessem a sua identidade e esquecendo-se assim de suas vidas passadas. Com isso, eles se tornavam seres sem consciência.

3 - Campos Elísios

Os Campos Elísios ficam localizados em um lugar privilegiado, onde as planícies são alcançadas pelos raios de sol. Todos os homens e mulheres heroicos e virtuosos, os chamados guerreiros, iam para os Campos Elísios depois de suas mortes. Uma espécie de paraíso do submundo, é lá que as almas imortais viviam uma eternidade repleta de alegria e felicidade. Os Campos Elísios eram o lugar de descanso eterno dos deuses e guerreiros.

4 - Os 5 rios que cruzam o submundo

O submundo grego é atravessado por cinco rios principais. O primeiro deles é o rio Lete, que tem o poder de apagar a memória de quem bebe das suas águas. O Flegetonte é um afluente do Aqueronte e, juntos, os dois formam um incêndio que queima sem combustível. O rio Caronte guarda as lágrimas dos pecadores. As águas do rio Styx são usadas para os juramentos dos deuses. Caso algum deles não cumprisse com a sua promessa depois de beber da água desse rio, eles eram castigados com a mudez por nove anos. E por último, o rio Aqueronte, onde nada flutua sob as suas águas, exceto o navio que carregava o falecido deus Hades em seu caminho ao submundo.

5 - Tártaro

Tártaro fica no lugar mais profundo e obscuro do submundo grego. Segundo o próprio Zeus explica na Ilíada, lá é o lugar onde os ímpios recebem o castigo divino, uma espécie de inferno. O lugar é descrito como escuro. Algo como um poço úmido e frio, rodeado por três camadas de noite. As, almas destinadas a irem para Tártaro, são aquelas que foram más e traiçoeiras na vida anterior. Nesse ambiente, elas serão punidas eternamente por todos os seus pecados.

E você, já conhecia esses lugares? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+