Conheça 5 segredos inacreditáveis que as frutas escondem

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Sem categoria      09/04/15 às 19h42

Todo mundo precisa comer duas porções de frutas todos os dias. Especialistas concordam que elas são alimentos saudáveis e devem fazer parte da dieta de todas as pessoas.

Disso, quase todo mundo sabe. No entanto, existem alguns segredos que as frutas guardam. Você saber, por exemplo, que o figo não é indicado para vegetarianos ou onde fica a semente da banana? Não, então confira algumas curiosidades sobre as frutas que separamos para você:

1. Vegetarianos não devem comer figo

figo

De acordo com um artigo publicado pelo jornal britânico "Mirror", o figo não é uma fruta muito indicada para vegetarianos ou pessoas que não gostam da ideia de comer insetos.

Isso acontece porque as vespas pousam no figo para depositar o pólen com frequência e ficam presas no interior do fruto. Segundo os pesquisadores, figos comestíveis têm ao menos uma vespa morta na sua composição.

No entanto, não adiante procurar pelos bichinhos no interior do Figo, não é possível ver o corpo do inseto inteiro dentro da fruta. Quando o inseto morre, uma enzima especial transforma a carcaça do animal em proteína.

Resumidamente, o figo come a vespa e a transforma em uma parte de si. Alguns fazendeiros que cultivam figo, chegam a comprar sacos do inseto para controlar a quantidade de vespas que cada planta pode comer.

 

2. Onde fica a semente da banana?

banana

As sementes das bananas são aqueles pontinhos pretos que elas têm em seu interior, certo? Errado. Os tipos mais comuns de banana, que são as que consumimos, não possuem sementes.

Esses pontinhos são apenas óvulos não fecundados da flor da bananeira. Apenas as espécies selvagens de bananas possuem sementes. Parece difícil imaginar como as bananas se reproduzem ser ter sementes, mas a resposta é simples.

Os tipos tradicionais de banana se reproduzem pela chamada propagação vegetativa, ou seja, a planta produz brotos, que dão origem a outras árvores. A vantagem dessa maneira de reprodução é que as plantas crescem e produzem frutos em menor tempo do que as que nascem de sementes.

3. A história do kiwi

kiwi

A história do kiwi começa há mais de 700 anos no vale do rio Yang-tse, na China. Na época o kiwi era considerado uma iguaria na corte. No entanto, com o passar do tempo, ele foi esquecido pelos chineses.

Mas entre os anos de 1800 e 1900, a fruta começou a se espalhar pelo mundo. Só que apenas em 1906 sementes do kiwi foram para a Nova Zelândia, onde a fruta começou a ser produzida e exportada.

Por isso o nome atual da fruta, que nada mais é que o nome de  um pássaro nacional da Nova Zelândia "kiwi". O pássaro teria uma penugem com aparência aveludada, que lembra o aspecto da parte de fora da fruta.

pássaro

4. Porque limão tahiti não tem semente?

limão

O limão-tahiti, ou limão-da-pérsia, não possui semente por causa de uma mutação espontânea que ocorre naturalmente. Ele é um fruto triplóide, ou seja, tem um número de cromossomos que não pode ser dividido bem em dois, produzindo sementes.

É o que acontece também com os tipos mais comuns de banana e algumas melancias.

5. A fruta do caju é na verdade a castanha

caju

Se você sempre pensou que a fruta do caju fosse aquela parte avermelhada e suculenta, está enganado. O caju na maioria das vezes é considerado como o fruto do cajueiro, mas a fruta propriamente dita, na verdade, é a castanha.

A parte carnuda que a maioria de nós conhece como o fruto é um pseudofruto, ou cientificamente falando, um  pedúnculo floral.

Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+