icone menu logo logo-fatos-historicos.png


Conheça a história do soldado que se rendeu quase 30 anos após o fim do conflito

POR Erik Ely EM História 18/07/20 às 20h10

capa do post Conheça a história do soldado que se rendeu quase 30 anos após o fim do conflito

Você sabe quando é hora de desistir? Depois de permanecer décadas recluso, Teruo Nakamura somente se rendeu quase 30 anos após o fim do conflito da Segunda Guerra Mundial. Dessa forma, uma vez que estava representando o exército japonês, o combatente não se rendeu nem mesmo com o final do conflito, em 1945.

Tendo nascido como Attun Palain, nome dado em sua língua nativa, o combatente ficou mais conhecido sob o nome de Teruo Nakamura, de origem taiwanesa. Isso porque, o país foi colonizado pelo Japão, que acabou se aproveitando dos recursos de Taiwan em um dos momentos mais delicados da história do mundo, a Segunda Guerra Mundial.

Ele ficou isolado em uma ilha por décadas

Sendo obrigado a se alistar na Unidade Takasago do Exército Imperial Japonês, Attun Palainrecebeu o nome Teruo Nakamura. Depois disso, em 1943, Nakamura foi enviado para à ilha Morotai, na Indonésia. No relatório de sua missão, ele deveria permanecer na ilha por um longo período de tempo e foi o que o soldado fez.

Em 1944, as tropas aliadas assumiram o controle da ilha. Em seguida, a única solução era recorrer ao exílio e fuga para que uma tragédia fosse evitada. Dessa forma, Teruo, sem comunicação, decidiu se esco nder com um grupo, até a situação fosse controlada. No entanto, esse isolamento durou por décadas, uma vez que o conflito havia terminado.

Sem notícias de fora da ilha e sem saber o conflito havia terminado, ele manteve sua postura militar. Desse modo, por todo esse tempo, ele reuniu conhecimentos de como sobreviver na selva. Na ilha, Teruo construiu uma cabana e vivia de frutas, verduras e da caça. Mas, além disso, ele raramente se deslocava até os centros urbanos em busca de ferramentas. Contudo, ele sempre fez isso de maneira discreta. Afinal, em sua cabeça, o mundo ainda estava em guerra e sua localização não podia ser revelada.

Por que ninguém o avisou do fim da guerra?

Tendo recebido pouca educação, Teruo não estava familiarizado com aquele ambiente que era próximo de uma grande cidade. Desse modo, a constante circulação de aviões em cima de sua   o fizeram acreditar que o conflito não havia terminado. Portanto, o mais seguro a se fazer era permanecer escondido.

Somente em 1974, um voo de reconhecimento encontrou o homem no meio da mata. Nesse momento, Teruo estava nu e não havia sobrado quase nada de seu uniforme. Na época, o caso circulou no mundo todo e Teruo e foi considerado um cidadão mais do que honrado. Dessa forma, ele recebeu a escolha de se naturalizar no país de sua preferência. Porém, mesmo com a escolha, Teruo decidiu se naturalizar em sua terra-natal, uma vez que Taiwan não era mais uma colônia do Japão.

Juntamente com o governo taiwanês, a população japonesa também acolheu o ex-combatente com bastante respeito por seu serviço prestado. Assim, além de todas as honrarias, Teruo também recebeu uma grande quantia em dinheiro dos governos dos países. De volta a seu país-natal, Teruo foi nomeado como Lee Guan-Rui, mas, em 1979, acabou morrendo aos 59 anos, vítima de um câncer de pulmão.


Próxima Matéria
avatar Erik Ely
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest