icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Conheça a República de Sakha, na Rússia, lugar onde os termômetros marcam até -65 graus no inverno

POR Diogo Quiareli EM Mundo Afora 19/06/20 às 14h49

capa do post Conheça a República de Sakha, na Rússia, lugar onde os termômetros marcam até -65 graus no inverno

O nosso mundo é extremamente vasto, e por isso, podemos encontrar de tudo viajando por nosso planeta. Devido à grande diversidade, as pessoas decidem embarcar em altas aventuras para viverem momentos únicos. Nos deparamos com aventureiros que decidem passar meses em florestas tropicais ou pântanos ricos em fauna e flora. Outros optam por desertos com calor escaldante, capaz de matar facilmente uma pessoa despreparada. Em contrapartida, há os amantes do frio que preferem passar uma boa temporada na neve, fazendo tudo o que o clima permite. Se você for uma dessas pessoas que gostam do frio, pode mudar seu gosto se conhecer o frio da Rússia.

Para nós brasileiros apaixonados pelo frio, passar uma temporada em Gramado ou qualquer cidade do Sul no inverno é um paraíso. No entanto, passar na Rússia pode ser um verdadeiro inferno. Isso porque o país é um dos mais frios do mundo e as baixas temperaturas são realmente baixas. É ainda pior na República de Sakha. No inverno, os termômetros locais marcam até -65 graus Celsius. Isso vai muito além do que podemos imaginar. Pensando nisso, resolvemos trazer algumas informações do lugar para você. Confira conosco então e surpreenda-se. Aproveite para compartilhar com seus amigos.

República de Sakha, na Rússia, lugar extremamente frio

A República de Sakha, também conhecida como Iacútia, é uma república que constitui uma divisão federal da Federação Russa. Isso porque ocupa a metade da área do Distrito Federal Oriental. Tornando então o maior estadóide do mundo, com mais de 3 milhões de quilômetros quadrados. Essa área é até mesmo maior do que a da Argentina. O local é escassamente povoado, assim como o resto da Sibéria. De acordo com o último censo, a população da república era de 958.528 habitantes.

Cerca de 40% dessa área está a norte do Círculo Polar Ártico e é coberta de permafrost. A capital do lugar é Iakutsk. Na região gelada, há um Parque Pleistoceno que recria a tundra com sua vegetação típica. Nessa, o crescimento é estimulado pela presença de vários animais que viveram por lá no final do Pleistoceno, no início do Holoceno. De fato, esse lugar na Rússia está entre os mais frios do mundo.

A temperatura mais baixa registrada por lá foi -71,2 graus. Em 2020, mais precisamente no dia 25 de janeiro, os termômetros marcaram -54. Um passeio rápido pela rua nesses dias pode ate mesmo matar uma pessoa que não está preparada. A pergunta é: você gostaria de passar uma temporada de férias por lá?

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Vale sempre lembrar que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.


Próxima Matéria
Via   Incrivel Club  
avatar Diogo Quiareli
Diogo Quiareli
Geminiano, 26 anos, goiano. Amante de música pop, fã de Katy e Luan.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest