Um assassino em série é um tipo de criminoso de perfil psicopatológico que comete crimes com uma certa frequência. Mas como podemos saber que uma pessoa é serial killer? Bom, todo mundo sabe que serial killer não é uma profissão, de fato, muitos serial killers acusados e condenados tinham empregos. E se você fosse um assassino em série, que profissão escolheria? Surgiu um novo livro que diz que existe uma ligação entre seriais killers e a probabilidade deles trabalharem em certos setores.

O autor disse que os padrões dominantes surgiram nos últimos 50 anos. O livro é do criminologista e professor Michael Arntfield e se chama Muder in Plain English. O conteúdo apresenta as 12 principais profissões que atraem os seriais killers. Quais são? A gente conta para vocês.

As profissões escolhidas por serial killers

Michael Arntfield apresentou as profissões citando e atualizando as informações coletadas em dados de 2012 sobre assassinatos em série. Algumas profissões podem te deixar surpreendido, outras não. Muitos dos assassinos estavam simultaneamente em mais de um emprego.

O Assassino do Estado Dourado, por exemplo, antes era oficial de polícia, depois militar e ainda trabalhou em um armazém. Os três trabalhos comuns são associados a seriais killers.

Publicidade
continue a leitura

O autor do livro dividiu as 12 profissões em quatro categorias com base na habilidade, treinamento e rotatividade em ocupações em período integral e meio período. As profissões vocês podem ver abaixo:

Ocupações qualificadas:

Maquinista/montador de aeronaves
Sapateiro/reparador
Estofador de automóvel.

Ocupações semi-qualificadas:

Publicidade
continue a leitura

Trabalhador florestal/arborista
Motorista de caminhão
Gerente de armazém

Ocupações não qualificadas

Trabalhador geral
Porteiro do hotel
Atendente de posto de gasolina

Publicidade
continue a leitura

Profissões profissionais e governamentais:

Oficial da polícia/segurança
Militar
Líder religioso

Arntfield diz que seriais killers são atraídos para esses empregos porque eles facilitam o desejo de matar, e em alguns casos, eles matam porque já estão no trabalho. Muitos empregos permitem fácil acesso a vítimas vulneráveis, o que serve como uma espécie de disfarce.

Mas e você, imaginava que essas eram as profissões preferidas dos serial killers? Comente!

Publicado em: 10/08/18 19h50