• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Conheça as fotos de Hitler que ele mesmo censurou

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      18/06/19 às 14h48

Não restam dúvidas de que Adolf Hitler era um homem decidido, as suas ações são prova disso. Ele sabia exatamente onde queria chegar e o que teria que fazer para conseguir isso, e assim o fez. Mas, mais que isso, o líder do partido nazista e responsável pelo genocídio de milhares de judeus tinha outras facetas além da imagem séria. Você consegue imaginar Hitler sorrindo? Ou ainda em poses casuais? Se não, essas imagens te dão uma ideia de como era o ditador além da pose de durão.

No entanto, essas imagens foram consideradas degradantes por ele mesmo, que por fim, tentou censurar as fotos. E ele conseguiu. Contudo, o resto do mundo só teve conhecimento dessas fotos quando um exemplar da revista que continha as imagens foi encontrado e restaurado anos depois. Confira a seguir as fotos de Hitler que foram usadas em sua propaganda para alcançar os jovens alemães.

As fotos

Hitler usando shorts e meião é só uma delas. As fotos tiradas em 1930, pelo fotógrafo oficial do Terceiro Reich, Henrich Hoffman, faziam parte da propaganda nazistas. E foram publicadas na revista Deustchland Erwache com o intuito de atingir as crianças e adolescentes alemães.

A ideia de usar fotos do Hitler em momentos particulares e descontraídos foi usada para o enaltecer como líder da Alemanha nazista, além de exaltar as suas várias qualidades.

E a propaganda estava dando certo e alcançando o objetivo, mas algum tempo depois, Hitler decidiu que as fotos eram profundamente "indignas e humilhantes". Foi quando ele resolveu apagá-las da história e proibiu reimpressões da revista. Quem viu, viu, quem não viu, não vê mais. E a medida teria funcionado bem, se uma edição da revista não tivesse sido encontrada por um soldado britânico alguns anos depois.

A divulgação

Em 1945, Alf Robinson, um soldado britânico, achou um exemplar da revista em uma casa abandonada e em ruínas na Alemanha. Embora a revista estivesse bastante danificada pelo tempo e pela água, sendo que nem capa tinha, o soldado resolveu levá-la para casa. Além da revista em frangalhos, ele levou ainda como souvenir uma baioneta e uma pistola Luger.

Então, 70 anos depois, historiadores tiveram acesso à revista censurada de Hitler e decidiram traduzi-la para o inglês. Eles restauraram as fotos e as tornaram públicas novamente. Hitler, com certeza, não gostaria nenhum pouco disso.

A versão traduzida foi publicada pela editora Pen & Swords Books sob o título The Rise of Hitler (A Ascensão de Hitler). Junto às fotos, os textos descrevem o ditador como um exemplo de honestidade, modéstia e gentileza. "Ninguém na Alemanha é tão amado pelo trabalhador alemão. Esse amor é expresso espontaneamente quando o veem. Todos o enxergam como um libertador e agradecem-no com olhos brilhantes". Outro trecho afirma que Hitler possui uma "grandeza e profunda humanidade que tira o ar daqueles que o conhecem pela primeira vez".

Para Ron Wilkinson, editor do livro, essa revista e o seu conteúdo representam uma parte importante e interessante da história. "Mostra exatamente como a máquina da propaganda nazista trabalhava com mentes jovens. A maioria das pessoas ainda se pergunta como uma nação inteira pode ter sido tão manipulada pelo Partido Nacional Socialista".

E você, o que achou dessas fotos? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+