Curiosidades

Conheça o lugar que está pagando 45 mil para que os habitantes tenham filhos

0

A maternidade é o sonho de muitas mulheres. Constituir uma família é o sonho de vários casais, principalmente dos recém-casados. No entanto, não é fácil formar uma família e mantê-la. É necessária uma certa quantidade de dinheiro, aliás, está se produzindo uma nova vida, com necessidades e imprevistos, que podem pesar no bolso. Para isso, se você não for um grande herdeiro, é preciso trabalhar e tirar o máximo proveito de todo o esforço. Uma notícia, desse ano, chamou a atenção de pessoas do mundo inteiro. Existe um lugar, que paga até 45 mil reais, para que os habitantes tenham filhos.

Se você quer prestar um belo serviço à nação finlandesa e, ao mesmo tempo, ganhar dinheiro, só precisa conhecer as cidades Lestijarvi e Miehikkala. Lestijarvi fica no oeste da Finlândia e faz parte da região de Ostrobótnia. A população, desse lugar, é de pouco mais de 750 habitantes, o que faz de lá um dos lugares menos habitados da Finlândia. De acordo com os jornais finlandeses, no ano de 2012, havia apenas uma criança nascida por lá. Esse bebê recebeu o nome de Kerttu. Essa taxa de natalidade muito baixa levou as autoridades municipais a fazerem da cidade, uma das mais generosas do mundo.

Pagamento por filhos

As autoridades da cidade pagam, desde 2013, o valor de 45 mil reais, por cada criança, nascida na cidade. Assim também acontece em Miehikkala, que paga uma taxa de mil dólares, por ano, a cada família. Eles fazem isso para que as famílias vivam bem na cidade. O direito ao benefício expirará se os responsáveis legais da criança se mudarem de cidade. Isso quer dizer que, eles só ganharão o dinheiro, se continuarem por lá, assim dando volume no local. A medida teve bastante impacto e causou no mundo inteiro.

Sucesso imediato

O impacto desta medida, na taxa de natalidade na cidade, foi imediato. Entre 2013 e 2018, a cidade registrou 55 novos bebês que nasceram por lá. Foi um sucesso retumbante, se observarmos os seis anos anteriores, com apenas 33 nascimentos. “Saí do Parlamento em 2011, e virei prefeito em 2012. Nesse ano, uma única criança nasceu na cidade. Os lojistas disseram que algo precisava ser feito, para nascer bebês ali. Caso contrário, as escolas iriam fechar”, disse Ilta Sanomat Aero Ahonen, prefeito de Lestijarvi.

Na prática, a cidade quase dobrou os subsídios médios para as famílias, que se formaram em outros municípios do país. Quase todas as famílias, que recebem o dinheiro pelas crianças nascidas, ficaram em Lestijarvi. Provavelmente, todas pretendem morar por lá, pelos próximos dez anos, enquanto o benefício durar. Atualmente, a cidade está pagando quase 50 mil euros por ano, como uma pensão alimentícia a todas as famílias que tiveram filhos recentemente. As autoridades ainda queriam agradecer a Kerttu, por tê-las informado sobre o problema. No entanto, em 2013, eles também concordaram em conceder retroativamente o benefício à família.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Algumas crianças possuem amigos imaginários por esse motivo

Matéria anterior

Assista ao teste de Tom Hiddleston, o Loki, como Thor

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar