• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Conheça os pés de Lótus, a técnica de beleza mais dolorosa praticada na China

POR Mateus Graff    EM História      01/11/17 às 13h33

Não é de hoje que as pessoas escutam casos de como as mulheres sofreram ao longo da história. Poderíamos citar o machismo ao redor do mundo, mas esse não é o nosso assunto de hoje. Na verdade vamos falar de como as mulheres chinesas sofreram com o famoso e terrível pé de lótus.

Bom, a ideia de usar sapatos com um número pequeno pode ser atrativa para muitas pessoas, mas na China, durante muito tempo, as mulheres enfaixavam os pés para que eles parecessem menores, mesmo que não fosse de forma natural. Elas amarravam os pés com ataduras seguindo um costume começou ainda no século 10. Isso provava que as mulheres poderiam ser ótimas esposas. Já ouviram falar por aí que "a beleza dói"? Pois bem, as mulheres chinesas que fizeram os pés de lótus conhecem muito bem essa dor. Para quem não conhece esse costume, a Fatos Desconhecidos apresenta para os nossos leitores.

Origem dos pés de lótus

Os pés de lótus, como já citamos, era praticamente um sinônimo de beleza. As mulheres que conseguiam tê-los eram vistas pela sociedade como mulheres extraordinárias, atraentes e, por incrível que pareça, delicadas. Para manter os pés pequeninos, eles eram vendados com muito força no menor tamanho possível. O mais sinistro disso é que alguns pés ficavam completamente deformados, como vocês podem ver nas imagens da nossa matéria.

Dizem que a origem desse costume vem de um imperador que tinha muitas concubinas, mas uma queria se sobressair entre as demais. Foi então começou a fazer os pés de lótus, com a intenção de agradar o imperador. Ela queria que seus pés fossem pequenos em em formato de um casco, o que agradou o imperador, que a escolheu como sua favorita. Com inveja, as outras concubinas começaram a fazer o mesmo, e a partir daí, essa moda assustadora foi criada e se tornou uma tradição.

Benefícios para os homens

É claro que essa prática não trazia nenhum benefício para as mulheres. Mas e para os homens, trazia algum benefício? Especialistas dizem que sim. Como o procedimento era dolorido, as mulheres eram obrigadas a caminhar lentamente e dar passos mais curtos.

Acredita-se que isso fazia as coxas, quadris e região pélvica fazerem mais força, dando as mulheres uma vagina mais estreita e que proporcionava mais prazer aos homens na hora das relações sexuais. Bizarro, não!? Além disso, os pés de lótus também eram um fetiche para alguns homens. Alguns praticavam atos sexuais estranhos com eles, como cheirar, acariciar e até lamber os pés.

O procedimento

Esse costume começava ainda na infância. Entre 4 e 9 anos de idade, a bandagem dos pés era muito importante, tanto quanto a puberdade e menstruação. O costume também garantia a garota um marido para se casar. Infelizmente, era ensinados as mulheres que elas eram inferiores aos homens, que estavam sendo observadas o tempo todo e que eram um objeto moldado apenas para os benefícios dos homens.

No procedimento, as unhas eram cortadas e os pés eram mergulhados em água quente ou em uma mistura de ingredientes. O objetivo era dar uma amaciada no tecido. Depois disso, os pés recebiam massagem e eram ensopados com alume, uma espécie de metal. Depois, os dedos eram quebrados um a um e dobrados sobre a sola, antes dos pés serem envolvidos na bandagem bem apertada.

Os curativos eram feitos com frequência, e enquanto as bandagens eram removidas, os pés eram limpos e as unhas cortadas. Em alguns casos, as unhas eram arrancadas para evitar problemas. Essa prática, como vocês devem ter imaginado, era algo muito doloroso.

Elas mal conseguiam caminhar normalmente e tinham seus dedos dos pés quebrados, uma verdadeira barbaridade. Depois de passar por esse processo, as mulheres ganhavam status sociais e beleza. Mas será que realmente valia a pena?

Mas e você, já conhecia esse processo medonho dos pés de lótus? Não esqueça de deixar o seu comentário!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+