• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Demolidor teve um dos inícios de carreira mais bizarros dos quadrinhos

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      28/05/19 às 17h43

Nos quadrinhos, o Demolidor é mais lembrado a partir da fase assumida por Frank Miller. Entretanto, a história do personagem dentro da Marvel Comics começou anos antes e fora da editora. Martin Goodman, fundador da Marvel, pegou a fama de aproveitador de propriedades intelectuais. Tentava aproveitar as oportunidades de personagens que caíam em domínio público. Ou então, barganhava personagens e histórias com potencial. Antes de chegar nas páginas da Casa das Ideias, Demolidor foi um personagem criado por Jack Binder e Jack Cole para a editora Lev Gleason.

A história foi lançada no formato one-shot, onde Demolidor lutava contra Hitler. Devido ao sucesso da edição, o personagem então recebeu sua própria série em quadrinhos, escrita e ilustrada por Charles Biro. Posteriormente, um grupo de ajudantes passou a fazer parte da história e, com o tempo, o Demolidor foi deixado de lado e a turma tomou conta da série. Mais tarde, em meados dos anos 1950, a revista foi descontinuada. Depois de oito anos do cancelamento, a Marvel Comics publicaria o personagem pela primeira vez.

O Demolidor na Marvel

Embora a empresa de Martin Goodman tenha pegado o mesmo nome do personagem, todo o resto era bem diferente. Assim, em 1964, o visual do Demolidor foi concebido por Bill Everett, o qual ajudou a desenvolver a história de Matt Murdock ao lado de Stan Lee. Acredita-se que Jack Kirby deve ter auxiliado na arte final e Steve Ditko ajudou na primeira edição devido a conflitos na agenda de Everett.

De acordo com a coleção de ensaios Avenging Mind, publicada em 2008, a Marvel abordou Ditko para apenas adaptar a versão do Demolidor da Lev Gleason. Mas claro, o artista não concordou com a ideia. No fim das contas, o herói foi recriado e alcançou ainda mais sucesso que o original.

Demolidor passou por outra reformulação no final da década de 1970, quando Frank Miller assumiu o personagem. A essência, personalidade e atitude do herói que conhecemos hoje foi concedida por Miller. Ele estabeleceu um novo pilar para o personagem, o qual foi mantido pelos outros artistas.

Próxima Matéria
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Mais aventuras em Instagram: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+