Vocês já perceberam que quando enchemos o tanque de combustível do carro ou mesmo da moto, a primeira metade demora mais a abaixar do que a segunda metade? Todos vocês sabem o quanto a gasolina no Brasil está cara e por isso ficamos torcendo para quem o nosso marcador de gasolina não chegue na metade de baixo, que por algum motivo parece ser consumida mais rápido.

A notícia boa é que isso não é uma impressão sua e a notícia ruim é que realmente a metade de baixo do tanque é consumida mais rápido. Mas por que diabos isso acontece? Na verdade, existem dois fatos que influenciam para isso ocorrer e a Fatos Desconhecidos conta quais são esses dois motivos.

Por que a primeira metade do tanque de combustível dura mais?

Publicidade
continue a leitura

A primeira metade do tanque não é, em tese, consumida mais lentamente, mas pode apresentar um volume de combustível um pouco maior do que o registrado. Quando abastecemos a relação entre o indicador de consumo de combustível e o tanque, na verdade, não é exata.

Publicidade
continue a leitura

Existe uma margem de dois litros entre o nível máximo de combustível que cabe no tanque e a parada automática da bomba quando vamos abastecer. Essa pequena quantidade já pode fazer com que o motorista rode alguns quilômetros a mais. Bom, nos tempos em que vivemos todos vocês sabem que dois litros de gasolina estão fazendo toda a diferença.

Já entrando em uma justificativa científica, é sabido que a gasolina evapora, certo? Sendo assim, toda vez que o tanque de combustível ficar mais vazio, isso fará com que mais combustível evapore. Porém, é preciso deixar claro que essa pode não ser uma razão absoluta. Há pessoas que dizem que essa evaporação do combustível é tão pequena que não faz diferença alguma no medido do tanque de combustível.

Publicidade
continue a leitura

Bom, se você também ficava "encucado" se a metade de baixo do tanque de combustível é consumida mais rápido, saiba que você sempre esteve certo!

Publicado em: 21/11/18 12h57