O hospital da Universidade do Kansas recebeu para uma cirurgia de emergência o paciente Xavier Cunningham, de 10 anos idades, que foi internado após cair de uma árvore depois de ter sido atacado por vespas. Na queda, Xavier teve o crânio perfurado por um espeto de churrasco. O garoto é natural do estado do Missouri, nos EUA.

O objeto que atravessou a cabeça do menino, por pouco não atingiu seus olhos, cérebro, medula espinhal e vasos sanguíneos importantes. Tal acontecimento tem sido considerado um milagre devido as proporções do incidente que aconteceu no último sábado, 8 de setembro. A equipe do hospital que recebeu o pequeno Xavier ainda não consegue acreditar em tudo o que aconteceu.

O acidente

Publicidade
continue a leitura

Xavier estava brincando em uma casinha de madeira construída no quintal de sua casa, em Harrisonville, quando algumas vespas de uma espécie conhecida como yellow jacket (Vespula), começaram a atacá-lo. A picada deste inseto é tão dolorosa que as pessoas dizem parecer com queimaduras de cigarro.

Desesperado, Cunningham acabou caindo da árvore sobre um espeto de churrasco com cerca de 30 cm de comprimento. Dessa forma, o objeto perfurou sua cabeça e a transpassou. O menino então se levantou e foi buscar ajuda de seus pais que estavam dentro de casa. Gabrielle Milller, mãe do garoto, disse ter ficado assustada quando viu o pedaço de metal atravessado no crânio de seu filho.

Segundo Miller, tudo o que ela se recorda de ouvir seu filho dizendo enquanto eles corriam para o hospital mais próximo era "eu estou morrendo, mamãe. Posso sentir que estou morrendo". Do hospital local o menino foi então transferido para o hospital da Universidade do Kansas, onde os médicos rapidamente o encaminharam para uma cirurgia para remover o objeto.

Publicidade
continue a leitura

O milagre de Xavier

Na delicada cirurgia, os médicos conseguiram remover o objeto. Apesar da grande extensão do ferimento, órgãos e pontos vitais como o cérebro, olhos, medula espinhal e vasos sanguíneos não foram afetados. O médico e diretor de neurocirurgias endovasculares do hospital em que Xavier foi operado, Koji Ebersole, considerou sua recuperação um verdadeiro milagre.

Publicidade
continue a leitura

"Eu ainda não tinha visto nada alcançar essa profundidade em uma situação com condição de sobrevivência da vítima, quanto mais um caso em que achamos que a recuperação será quase completa, se não for completa", disse Ebersole em entrevista ao jornal Kansas City Star.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Publicado em: 14/09/18 15h21