• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Essa cena deletada de Game of Thrones poderia ter mudado o destino de Cersei

POR Letícia Dias    EM Notícias      19/06/19 às 17h37

Darren Aronofsky, o diretor responsável por filmes como Mãe! e Cisne Negro, disse uma vez que a melhor forma de conquistar audiência é criando coisas que as pessoas não acreditem que estão vendo. Bom, sem dúvidas, David Benioff e D. B. Weiss conseguiram fazer isso na oitava temporada de Game of Thrones. Seja amor ou ódio, o encerramento da produção da HBO foi marcado por fortes emoções. Isso explica o porquê do último episódio, mesmo depois de diversas críticas negativas, conseguir bater um recorde de audiência. No dia 19 de maio, aproximadamente treze milhões e meio de pessoas cancelaram todos os planos na noite de domingo para assistir O Trono de Ferro e se despedir de GOT.

A temporada final de Game of Thrones conseguiu concluir o arco de todos os personagens (os que sobreviveram, pelo menos) e atar as pontas soltas. Arya matando o Rei da Noite, Daenerys incendiando Porto Real e Bran se tornando Rei de Westeros são alguns exemplos inacreditáveis. O problema não foi a conclusão em si, mas a falta do desenvolvimento que deveria levar até ela. O roteiro dos últimos episódios pareceu ter sido escrito às pressas. Momentos que aguardávamos desde a primeira temporada foram ignorados ou alterados. Personagens com narrativas super bem elaboradas no início da série, tiveram finais medíocres. Não é surpresa que ainda hoje as pessoas procurem formas explicar como a série poderia ter sido salva.

Dentro de todas essas questões, podemos encontrar um elemento em comum: Cersei Lannister. Uma das maiores expectativas para o final da série envolvia descobrir que fim teria a rainha. Com seu nome presente na lista de Arya, muitos juravam que a Stark seria a ruína de Cersei. O arco da personagem, na verdade, foi encerrado com ela morrendo nos braços de seu amante/irmão Jaime Lannister, enquanto a Fortaleza Vermelha desabava em cima de ambos. Embora tenha caminhado na direção contrária de todo o desenvolvimento dos gêmeos, o final do casal foi até aceitável. Todavia, a atriz Lena Headey revelou que uma cena deletada da série poderia ter adicionado muito mais complexidade ao fim de Cersei.

A cena deletada de Cersei

Foi relatado pelo E! News que, durante uma convenção ma Alemanha, Headey compartilhou uma informação inesperada. De acordo com a atriz, a sétima temporada de Game of Thrones contou com uma cena deletada, onde Cersei explicava suas decisões extremistas e qual era a relação delas com seu bebê. A estrela falou que, na cena crucial, sua personagem perderia o bebê. Embora traumático, Headey afirma que teria sido um momento muito importante para Cersei. "Eu amei fazer aquilo porque achei que mostrou ela de uma forma diferente", disse Headey. Ao invés disso, mãe e bebê não nascido morreram juntos, soterrados, enquanto Porto Real ardia em chamas.

A gravidez de Cersei foi revelada no fim da sétima temporada. A rainha usou a gestação como moeda de troca em sua aliança com Euron Greyjoy, fazendo-o pensar que ele era o pai. Cersei lutou para permanecer viva até seu último segundo. Desde o início, era óbvio que essa gravidez não iria para frente. Contudo, se a cena em questão não tivesse sido deletada, as decisões da rainha na oitava temporada seriam completamente diferentes. Cersei sempre esteve destinada à morte, mas esperávamos uma cena grandiosa e digna da personagem.

Próxima Matéria
Via   Yahoo!  
Imagens HBO
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+