Viajar é uma coisa maravilhosa e acreditamos que todas as pessoas gostam e necessitam disso as vezes para tirar todo o estresse que há acumulado. Não importa como vamos e as vezes nem para onde, só de sair da estressante rotina de trabalhador já nos alivia. A volta para casa também é algo que necessitamos pois após um tempo longo, não precisamos de mais nada além da nossa própria cama. Para realizar uma viagem muitas vezes optamos por aviões, visto que é um dos meios de transportes mais rápidos do mundo, mas isso também pode ser muito estressante. Vez ou outra temos que enfrentar várias horas em uma conexão de voo e isso deixa qualquer um estressado.

Shaina Murry estava enfrentando um desses dramas de aguardar no aeroporto o seu voo e estava com os nervos a flor da pele, louca para chegar em casa logo com seu marido após realizar uma viagem. Mas nesse tempo, algo lhe chamou bastante a atenção e sua atitude ganhou destaque em diversos portais de noticias e curiosidades do mundo inteiro. A moça se deparou com um homem deitado ao lado do portão de embarque e com um desconforto nada normal, logo ela se preocupou e foi checar o que estava acontecendo já que ninguém estava dando importância para aquilo.

Publicidade
continue a leitura

Ela logo se aproximou dele para ver o que estava sentindo. O rapaz estava completamente frenético e agitado, preocupado por perder o seu voo. Shaina pediu assistência médica na mesma hora e descobriu que ele era autista e seu nome era Will. Os paramédicos chegaram ao local e afirmaram que ele não estava em condições para viajar, não naquele estado. O moço não se alimentava ou se quer bebia água por várias horas. Shaina pegou o seu telefone e entrou em contato com a mãe dele, contando o que havia acontecido e se disponibilizando a conseguir água e comida para ele.

Publicidade
continue a leitura

Shaina levou Will para comer e lhe deu água também, se sentou ao lado dele por horas e esperou até que o seu voo saísse. Ela acabou perdendo o seu também mas a companhia aérea ficou comovida com sua história e resolveu lhe dar passagens de graça para um voo que também sairia mais tarde. Ela aguardou até que ele embarcasse em seu voo para que, só depois tomar o seu rumo. Esse ato de bondade encantou o mundo todo e nós ficamos extremamente comovidos com essa história.

Publicidade
continue a leitura

E aí, o que você achou dessa história? É de restaurar a nossa fé na humanidade, né? Comenta pra gente aí em baixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é muito importante para nós pois nos ajuda a crescer e com isso podemos trazer o melhor conteúdo para os mais diversos leitores aqui do Ultra Curioso.

Publicado em: 06/04/17 17h26