Quando duas pessoas decidem se casar, o momento costuma ser de celebração do amor e da união entre os envolvidos e suas famílias. Na história de Bradley Moss, de 31 anos, e Amy Bzura, de 27, as coisas foram bem diferentes.

O casal começou a namorar em junho de 2012 e viveu junto por alguns anos, até que, em novembro de 2015, Bradley propôs a mulher em casamento. Desde então, eles planejaram um casamento no valor de cerca de $350 mil num hotel de luxo em Nova York, para outubro de 2016.

Uma semana antes da realização da cerimônia, a mulher fazia postagens nas redes sociais demonstrando a mistura de ansiedade e felicidade que sentia antes do evento. “Eu mal posso esperar para ser a sua esposa. Você significa tudo para mim e não consigo aguardar até a hora de dizer ‘Sim’ e te fazer o homem mais feliz de 2016”, escreveu no Facebook.

O casamento dos sonhos, no entanto, foi destruído na noite anterior à cerimônia, quando familiares do casal se reuniram num jantar especial. A bagunça foi tão grande que a família da noiva está processando a do noivo para se recuperar.

Começo de tudo

Publicidade
continue a leitura

Na noite de 28 de outubro de 2016, um dia antes do casamento, Bradley e Amy celebravam a união num jantar oferecido pelos pais do noivo, Robert e Wendy Moss. O evento acontecia num tradicional restaurante na Union Square, em Manhattan.

De acordo com o processo na justiça, a confusão começou quando o irmão da noiva, Adam Bzura, pediu para fazer um pronunciamento na festa, em homenagem aos noivos. Foi nesse momento que o pai do noivo “sem motivos e com nervosismo declarou que Adam não poderia falar”, segundo a família declarou no processo.

A bagunça começou a tomar maiores proporções quando Robert, o pai, completou a revolta com uma ameaça. “Você sabe o que eu posso fazer com você?”

Confusão

Publicidade
continue a leitura

O processo ainda acrescenta que a discussão começou a envolver outras pessoas e culminou no irmão do noivo dando um soco na cara do irmão da noiva. Depois da agressão, o pai do noivo teria tentado fazer o mesmo, mas foi segurando pelo pai da noive, Bruze Bzura, de 66 anos.

Foi nesse momento que o jantar foi tomado por gritos e lágrimas, mas o terror estava só começando.

Para garantir que a relação chegasse ao fim, Robert Moss ameaçou tirar o seu filho dos negócios da família e cortá=lo de seu testamento, caso ele decidisse levar o casamento com Amy a frente. Nesse momento, a noiva declarou que Bradley precisaria fazer uma escolha entre ela ou sua família, e a mulher acabou sendo deixada de lado.

Processo

Publicidade
continue a leitura

Por conta da confusão, o pai da noiva processou a família do noivo com base nos custos do casamento, que ele estima em $350 mil. Mas isso ainda não é tudo!

Além do processo por conta do cancelamento do casamento, que nunca aconteceu, e das agressões, o casal também está envolvido numa outra briga judicial.

Com o fim dos planos de uma vida a dois, Bradley Moss processou a mulher depois que ela se recusou a devolver a aliança de noivado de esmeralda estimada no valor $125 mil.

Dá pra acreditar que uma relação supostamente construída ao redor do amor pode acabar depois de uma confusão tão grande em tão pouco tempo? Talvez $350 mil possam comprar uma festa impressionante, mas não consegue pagar o bom senso de certas pessoas.

Publicado em: 01/03/17 19h38