• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


A excêntrica história de Roberto Escobar, o irmão de Pablo Escobar

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      06/05/19 às 16h51

O famoso líder do cartel de drogas Pablo Escobar é conhecido por quase todo mundo. Mas o que ninguém nunca fala é de seu irmão, Roberto Escobar. Assim como o seu irmão, Roberto também deixou a sua marca no mundo das drogas. Ele era o contador do Cartel de Medellín.

A vida do homem pode não ter sido tão intensa quanto a de seu irmão, mas foi tão excêntrica quanto. Ele ficou mais de uma década preso. Transformou um esconderijo do antigo cartel em museu e pediu o impeachment do presidente Trump usando um site da internet.

Roberto Escobar nasceu em 1947, na fazenda da sua família em Rionegro, na Colômbia. Quando eram crianças, ele e Pablo ajudavam o pai no rancho. O pai dos garotos faleceu por causa de uma doença e a família Escobar teve que declarar falência.

A família toda morava em uma casa pequena com um quarto onde todos dormiam em dois colchões no chão. Os meninos andavam todos os dias quatro horas para ir à escola. E as condições da família eram tão precárias que Roberto chegou a ser mandado de volta para casa porque a família não podia comprar sapatos para ele. E ele mesmo lembrou "nossa pobreza impressionou nossas vidas que nem meu irmão nem eu esquecemos".

Depois que guerrilheiros invadiram a cidade onde Roberto morava com a família e arrastaram pessoas para fora de casa e as mataram, os pais dele resolveram mandá-lo junto com seu irmão para morar com os avós, na cidade de Medellín.

O que Roberto desejava na vida era ser um ciclista profissional, mas acabou entrando na faculdade de contabilidade. E quando ele corria, Pablo, seu irmão mais novo, era seu assistente e lavava a bicicleta e o uniforme do irmão. No começo, Roberto dizia que era um herói aos olhos do irmão mais novo.

Cartel

Quando Pablo Escobar começou a se interessar pelo mundo das drogas, ele começou com o comércio de maconha. Mas logo viu que tinha uma nova droga que estava crescendo, a cocaína. E junto com o boom da demanda no final dos anos 1970 e começo dos 1980, e o carisma de Pablo a organização,a procura cresceu rapidamente.

O cartel se sediou na cidade onde os irmãos cresceram. Logicamente Roberto estava ao lado do irmão na construção do seu império. E como contador do cartel, um dos principais problemas de Roberto era descobrir como guardar as enormes quantias de dinheiro.

Muitas das vezes eles tinham que enterrar o dinheiro ou guardá-lo no subsolo. E isso fazia com que 10% dos lucros fossem perdidos todo ano por causa das condições precárias de armazenamento, fungos e ratos.

Mas além das dificuldades, Roberto também tinha suas mordomias por ser braço direito do irmão. Ele andava de jato particular, jantava com celebridades e aproveitava tudo que o dinheiro conseguia comprar.

Queda

No final da década de 1980, os EUA fizeram uma pressão muito grande para reprimirem os irmãos Escobar e eles foram presos. Mas em 1992, escaparam e depois da morte de seu irmão Pablo em um tiroteio com as autoridades, Roberto se entregou em 1993. E ficou 14 anos na prisão.

A história de Pablo ficou bastante conhecida pelos filmes e séries. Em 2014, Roberto fundou a Escobar Inc. e licenciou o nome da família. E em 2016, pediu um bilhão de dólares à Netflix por terem lucrado com a história do irmão.

Pós cartel

Atualmente, Roberto passa seus dias fazendo passeios com turistas na casa que ele e o irmão ocuparam durante a época do cartel. Roberto não parece se importar com o legado sangrento que ele e o irmão deixaram na história. Em resposta a uma repórter ele disse: "Não é importante estar arrependido, eu sou um crente".

Próxima Matéria
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+