Já pensou em ter uma ilha só sua? Tem muita gente que tem. Por exemplo, o fundador e CEO do Facebook Mark Zuckerberg, recentemente, pagou mais de US$ 100 milhões por 303 hectares em uma praia no norte do Havaí. Zuckerberg comprou a propriedade para construir um refúgio privado para sua família. Agora, e se no lugar de uma ilha, você pudesse comprar um vulcão?

Sim, é possível Tem dinheiro guardado? Então prepara, porque o investimento vale. No condado de Devon, na Inglaterra, um vulcão de 250 milhões de anos está sendo vendido. O vulcão, é claro, está inativo e pode ser seu por uma bagatela de apenas 50 mil libras. Além disso, para aqueles que gostam de privacidade, o local é ideal.

Ausente de construções civis, a propriedade faz parte de antiga pedreira que funcionou até o início do século 20. O vulcão tem cerca de 150 metros de altura. Com um atrativo a mais, o pico é todo coberto pela floresta Posbury Clump.

Situado a 5 km de Crediton e 10 de Exeter, a prioridade é composta por bosques de folhas largas, incluindo carvalho e azevinho. De acordo com um dos agentes imobiliários da agência Jackson-Stops, “a vista é espetacular”.

Ao todo, a propriedade tem cerca de 4,9 acres. A maioria do terreno é designado como local de interesse científico. Não se sabe se é permitido realizar alguma construção no local. No entanto, como já houve extração de pedra basáltica, o local é agraciado por dois notáveis edifícios.

Publicidade
continue a leitura

Proprietários de vulcões

Nesse ínterim do ramo imobiliário, saiba que tem gosto para tudo. Se você acha a ideia de comprar um vulcão ridícula, tem gente que pensa diferente. Em 1943, um agricultor mexicano descobriu um vulcão em sua propriedade particular. O vulcão, mais tarde, ficou conhecido como Parícutin.

Em suma, quando o famoso cartunista americano Robert LeRoy Ripley ficou sabendo da história, ele entrou em contato com o agricultor. Sem pensar duas vezes, Ripley comprou o terreno. Para quem não conhece, Robert LeRoy Ripley ficou conhecido por criar a Ripley's Believe It or Not!.

Publicidade
continue a leitura

Há também outros que vulcões que tornaram-se propriedade particular. Um está na Califórnia e outro em Oregon.

Brasil

Publicidade
continue a leitura

No Brasil não há nenhum vulcão a venda. No entanto, por outro lado, saiba que nosso país também esconde vulcões inativos de até 2 bilhões de anos. Sabe onde? Na Amazônia.

Mesmo sendo antigos, o primeiro de uma série de vulcões só foi identificado na região no início dos anos 2000. Além disso, após a descoberta, os pesquisadores foram surpreendidos pelo estado de conservação e pela idade das estruturas encontradas.

Até agora, os cientistas ainda não sabem exatamente quantas estruturas existem na região localizada entre os rios Tapajós e Jamanxim, no Pará. Perto dali, na região do Xingu e também no Mato Grosso, foram encontradas outras estruturas, mas de períodos distintos.

De acordo com os pesquisadores, os vulcões amazônicos, quando ativos, eram semelhantes ao que hoje são as estruturas do oeste dos Estados Unidos e da Sierra Madre Ocidental, no México. Para os cientistas, o cenário da região era muito diferente da vegetação densa e da grande biodiversidade presente na Amazônia brasileira.

Publicado em: 22/08/19 12h58