icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Existe uma nova foto do monstro do Lago Ness, mas tem um problema

POR Bruno Dias EM Curiosidades 26/06/20 às 15h19

capa do post Existe uma nova foto do monstro do Lago Ness, mas tem um problema

Das várias lendas urbanas das quais que se tem conhecimento pelo mundo, talvez a mais famosa envolva uma criatura que desperta a curiosidade de muita gente: o Monstro do Lago Ness. Tudo começou muito antes do que imaginamos. O primeiro relato de um avistamento da criatura foi registrado em 565 d.C. No entanto, o monstro apenas se tornou popular após um registro fotográfico, feito no ano de 1933.

A imagem foi registrada justamente no Lago Ness, localizado nas Terras Altas da Escócia. Desde então, muita gente alega ter visto a criatura que mais se parece com uma enorme serpente ou algum tipo de réptil marinho. Estima-se que o último avistamento tenha ocorrido em 2013, mas não há provas que confirmem isso.

Várias pessoas acreditam que o monstro seja real e que ainda vive pelas águas do lago. Mas é claro que existem aqueles mais céticos que duvidam da veracidade da história, e acham que tudo é um grande plano para atrair turistas para o local. A questão é que, até hoje, ninguém conseguiu provar ou negar a existência do monstro.

Foto

E uma novo foto mostra uma criatura misteriosa nadando no lago Ness, e isso despertou novamente o interesse no famoso monstro. Mas a foto só tem um pequeno grande problema e que você já deve imaginar qual é. Ela foi manipulada digitalmente.

Segundo uma investigação feita pelo blog "Loch Ness Mystery", essa imagem em questão apareceu pela primeira vez em meados de junho, em um grupo do Facebook. Quem tinha publicado a foto tinha sido o fundador do grupo, Steve Carrington.

De acordo com Carrington, a foto teria sido feita quando ele visitou o lago Ness, em setembro de 2019. O homem disse que, quando estava tirando as fotos, ele viu uma ondulação na água e logo em seguida, o aparecimento de uma criatura aquática. Posteriormente, Carrington afirma ter capturado em uma de suas fotos.

"Devo dizer que não acredito no monstro do lago Ness. E, sinceramente, acho que, se houver alguma coisa, há uma explicação lógica para a maioria dos avistamentos.Meu palpite seria que o que eu capturei foi um peixe-gato ou algo assim", disse ele.

E realmente, o que Carrington capturou nas imagens é um peixe-gato. Especificamente, um peixe-gato wels, que foi capturado no rio Po na Itália pelos pescadores Benjamin Gründer, Kai Weber e Marcus Brock, em 2018. O peixe era um verdadeiro gigante, com aproximadamente 130 quilos e 268 centímetros.

Comparação

Uma coisa curiosa sobre os peixe-gato é que os padrões de pigmentação que eles tem em suas costas são únicos. Como uma impressão digital. E claro que os usuários do Twitter, sempre muito investigativos, perceberam que o padrão nas costas da criatura de Carrington era o mesmo do peixe-gato que foi capturado na Itália.

Segundo o blog "Loch Ness Mystery", Carrington trabalha com um artista em 3D. Além disso, o autor do blog examinou com o maior cuidado as imagens tiradas por Carrington que disse serem direto da sua câmera, sem nenhuma edição. Mas os metadados contavam uma história diferente.

Por mais que a foto não fosse, obviamente, adulterada, a ideia de que poderia existir um peixe-gato gigante no lago Ness, que é uma das teorias para explicar tantos avistamentos do "monstro", foi desmentida ano passado. Foi feita uma pesquisa profunda na água do lago e não foi encontrado nenhum vestígio de DNA de peixe-gato.

O que não quer dizer que o monstro do lago Ness não exista. Mas as pessoas que procuram provas vão ter que continuar procurando.


Próxima Matéria
Via   Science alert  
Imagens Twitter
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest