Ciência e TecnologiaCuriosidades

Existem pessoas que não se interessam por sexo?

0

Ao que tudo indica, existe sim! Por mais difícil que seja de imaginar, a chamada “assexualidade” faz parte da vida de milhares de pessoas. Ela seria basicamente uma orientação sexual que tem como característica a ausência de desejo sexual por todos os gêneros. Sim, a pessoa não se interessa por ninguém. Alguns indivíduos assexuais, não conseguem sentir atração romântica por ninguém em toda a sua vida.

Muitas pessoas confundem assexualidade com celibato (geralmente feito por líderes da igreja católica e outras religiões). No caso do celibato os indivíduos sentem desejo sexual mas se abstêm deles. A assexualidade não tem relação direta com a pessoa querer se manter casta, apresentar uma disfunção sexual ou questões de moral.

Os assexuais estão buscando classificar sua condição como uma orientação sexual legítima, e não como uma patologia. Entretanto, existem pessoas que acreditam que esta condição se trata de um distúrbio de hipoatividade sexual, ou até mesmo aversão sexual. Além disso, também há quem diga que esta condição pode ser causada por abuso sexual no passado, repreensão sexual, disfunções hormonais, desenvolvimento tardio ou ainda o fato de não ter encontrado a pessoa certa.

54

É importante esclarecer que ser assexual não significar não gostar ou ser contra o ato sexual, embora alguns se encaixem nessa categoria, eles simplesmente demonstram falta de interesse em estabelecer interação sexual com outras pessoas. Os sentimentos podem continuar vivos, sendo que um indivíduo assexual é perfeitamente capaz de demonstrar carinho, afeição e ser feliz com o seu parceiro sem sentir atração sexual.

Para grande parte da população o desejo sexual é uma algo cotidiano, apesar de nem sempre estar ligada ao desejo de encontrar um parceiro sexual. Alguns indivíduos assexuais se masturbam ocasionalmente, mas não sentem desejo de ter um parceiro sexual. Outros assexuais apresentam pouca ou nenhuma excitação.

Os indivíduos que são assexuais tipicamente não enxergam essa falta de desejo como um problema a ser corrigido. Uma vez que não causa angústia, não deve ser visto como um distúrbio emocional ou patológico.

Assexualidade na mídia e na história

53

Talvez o exemplo mais antigo de personagem assexual possa ser encontrado em Hipólito, que evita todas as mulheres e devota sua vida à castidade.

O Personagem de Sir Artur Conan Doyle, Sherlock Holmes, é outro exemplo de assexualidade.

Em Os Miseráveis, de Victor Hugo, os dois protagonistas, Jean Valjean e Javert, podem ser considerados assexuais.

Na ficção, o romance de John Braine “The Jealous God” (1964) é um bom exemplo de sexo visto principalmente como pecado. Por outro lado, em seu romance de ficção científica “Distress” (1995), Greg Egan imagina um mundo no século XXII onde “assex” é uma das sete configurações de gênero conhecidas.

Na mídia o caso mais famoso é o de Morrissey, ex-vocalista da banda de rock The Smiths que assumiu ser assexual.

52

Um dos personagens principais do Sitcom The Big Bang Theory de 2007, Sheldon Cooper é também considerado pelos outros personagens como sendo assexual, mas na terceira temporada da série ele conhece Amy Farrah Fowler (que sofre suspeita de bissexualidade entre os fãs) e começa um relacionamento romântico não-sexual.

Apesar de Amy viver se queixando disso e das piadas que sofrem, ela aparenta ser feliz com ele e o relacionamento e vice-versa. Apesar disso, muitos fãs torcem pelo “coito” dos dois e na sexta temporada Sheldon disse que isso era uma possibilidade (confirmada com um beijo na sétima temporada, mas questionada com a fuga dele no season finale, por que Leonard e Penny vão se casar e ele irá perder seu melhor amigo/colega de quarto).

20 Imagens bizarras que mostram o abandono de estádios olímpicos

Matéria anterior

6 Fatos bizarros que aconteceram em uma sexta-feira 13

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos