Recentemente foi anunciado que Jared Leto retornará como Coringa na Liga da Justiça de Zack Snyder. De acordo com o Hollywood Reporter, o longa contará com o vilão apresentado em Esquadrão Suicida (2016). Após a péssima recepção das reformulações de Joss Whedon no filme idealizado por Snyder, os fãs passaram a exigir a liberação do Snyder Cut. Apesar de termos acreditado que esse movimento não renderia resultados significativos além de chamar a atenção da mídia, a Warner Bros. acabou cedendo e anunciando que o corte de Snyder seria disponibilizado no HBO Max. Sendo assim, uma nova rodada de gravações está sendo financiada pelo estúdio e a mesma tem trazido nomes como Leto, Ben Affleck, Ray Fisher e Amber Heard. Todavia, outro personagem foi anunciado. Segundo o Collider, Joe Manganiello retornará ao Universo Estendido DC como Exterminador.

Embora tenha aparecido apenas por alguns minutos na versão lançada de Liga da Justiça (2017), o Exterminador de Manganiello deu o que falar entre o público. Anteriormente, as únicas versões live-action que vimos do personagem foram em Lois e Clark: As Novas Aventuras do Superman (1993) e Arrow (2012). Posteriormente, Titãs (2018) também apresentou Esai Morales como o vilão. No entanto, existe um anseio coletivo por ver mais da performance de Manganiello como o personagem. Além do visual perfeito, ele conseguiu encarnar a essência séria e intimidadora de Slade Wilson. Sendo assim, ele tem tudo para se tornar um dos melhores vilões do DCEU.

Por fim, ainda não sabemos exatamente como essa produção se encaixará. Segundo Snyder, sua Liga da Justiça não fará parte do cânone do DCEU, o que é ótimo. Todavia, a cada nova informação o Snyder Cut se torna mais intrigante. Visto que as refilmagens ainda estão no início, podemos antever que mais revelações virão por aí.

Publicidade
continue a leitura

O que a Warner pode fazer com o DCEU após o Snyder Cut?

Bom, dentre as formas que a Warner Bros. pode utilizar para desenvolver o DCEU após o Snyder Cut podemos citar:

Publicidade
continue a leitura

* Deixar Snyder fazer sua sequência: a principal característica dessa indústria é sua imprevisibilidade. Sendo assim, apesar de não ser canônica, a Liga da Justiça de Snyder pode render bons frutos para a Warner. Caso isso aconteça, a empresa talvez considere deixar o diretor prosseguir com seu trabalho. Pagando bem, que mal tem?

* Utilizar o filme do Flash como válvula de escape: essa sem dúvidas seria a alternativa mais sagaz. Apesar de já ter sido desconsiderado parte do cânone do DCEU, o status do Snyder Cut pode mudar após o filme solo do Flash. Assim como já foi anunciado, o mesmo explorará a viagem no espaço-tempo e criação de realidades alternativas. Sendo assim, essa é uma forma inteligente da Warner apagar os erros e começar do ponto certo ou, quem sabe, do zero.

Publicidade
continue a leitura

E então, quais suas expectativas para o Snyder Cut? O que você achou dessas possibilidades? Tem alguma outra sugestão de como a Warner pode lidar com essa situação? Compartilhe sua opinião com a gente.

Imagens: Warner Bros.

Publicado em: 25/10/20 16h30