Família que vive há 60 anos ao lado da Área 51 quebra o silêncio

POR Fabiana Souza    EM Mundo Afora      17/09/15 às 14h30

Um dos assuntos mais intrigantes que vivenciamos em nosso dia a dia é a constante dúvida sobre vida inteligente fora da Terra. Alguns concordam, outros nem tanto. O inegável é que já houveram vários acontecimentos que despertam a especulação: Será que nosso planeta é o único com vida no universo? A partir disso, várias teorias foram criadas à respeito de alienígenas, algumas conspiratórias, outras nem tanto.

Assim que falamos em extraterrestres um dos primeiros nomes que nos vem a cabeça da maioria das pessoas é: Área 51. Um dos locais mais misteriosos do mundo, a Área 51 é uma área militar restrita que fica próxima ao deserto de Nevada, Estados Unidos. O local é tão secreto que sua existência só foi divulgada oficialmente pelo governo dos EUA em 2013. Os representantes norte-americanos afirmaram que o local é uma base de testes das forças armadas com uma complexa área subterrânea e vários laboratórios de pesquisas. Sua tecnologia seria usada com a finalidade de desenvolver ou testar tecnologias para as Forças Armadas dos EUA.

Area-51-map-600x775

Os rumores sobre envolvimento das pessoas que trabalhavam na Área 51 com tecnologia extraterrestre surgiram quando os moradores que residiam próximos ao local começaram a reclamar sobre terem presenciado estranhos objetos sobrevoando os arredores e uma movimentação esquisita dentro da base militar. Com isso,  o governo norte-americano foi alvo de questionamentos da população e da imprensa mundial. Todos queriam saber o que estava acontecendo e chegaram a acusar os norte-americanos de estarem tendo contatos alienígenas em sigilo. Em resposta, o governo não confirmou nenhuma das acusações, porém, também não negou nenhuma. Logo, a dúvida continua.

Família que vive ao lado da Área 51 fala pela primeira vez

Back_gate_area_51

A família Sheaham, que tem propriedades na divisa da área militar há 130 anos está processando as Força Aérea dos EUA e quer indenização pelos incontáveis danos que já sofreu. A família, que é dona de uma mina próxima a famosa Área 51 alega que já sofreu vários "abusos e atrocidades", entre eles estão um bombardeamento que sofreram de um avião militar que acabou por destruir os moinhos de sua propriedade. Os donos da mina também culpam o Departamento de Energia dos EUA pela decorrência de chuvas radioativas que já causaram vários danos às suas instalações, em decorrência de testes com armas nucleares que a área militar realiza.

Após a denúncia, o governo ofereceu US$ 5,2 milhões para a compra da propriedade da família, porém, a resposta dos Sheaham foi a seguinte: "Queremos que eles saibam que o que fizeram à nossa família nos últimos 60 anos não é aceitável", com a recusa da oferta os militares estão ameaçando tomar conta da propriedade da família e deram mais alguns meses para que considerem a proposta. Com isso, as discussões sobre o que acontece na famosa Área 51 continuam.

Cientista que trabalhou na Área 51 grava vídeo com fotos de extraterrestres capturados na Área 51

No dia 28 de outubro de 2014, uma notícia sobre um engenheiro que teria trabalhado na área 51 se espalhou na internet. O aposentado Boyd Bushman havia gravado um vídeo fazendo várias afirmações sobre ter trabalhado na área militar e ter tido contato com alienígenas. O vídeo teve uma repercussão enorme na época, causando várias dúvidas sobre a procedência das fotos e as afirmações do especialista. Porém, as imagens teriam sido gravadas algumas semanas antes da morte do cientista e só foi colocado na internet após o ocorrido.

boydBushman-728x400-686x350

"No que se refere às naves extraterrestres, contamos com o apoio de cidadãos norte-americanos, que trabalhavam 24 horas por dia estudando os óvnis. Procuramos entender o que deveríamos fazer", disse o especialista. Ele explicou também que existem dois grupos fundamentais de extraterrestres atualmente em estudo: "Parece um rancho. Um grupo é de vaqueiros e o outro é de ladrões de gado. Os vaqueiros são mais amistosos e se dão melhor conosco", concluiu Bushman.

Alguns dias após a viralização do vídeo na web surgiram algumas explicações para as falas de Bushman. Uma delas é que as fotos mostradas pelo ex-militar não passavam de uma farsa, pois as imagens do suposto alien foram capturadas em 1997, de um boneco de borracha que era vendido na época. Com isso, nada foi comprovado e não sabemos se o conteúdo do vídeo é realmente verídico.

Confira a reportagem em que o programa The Lip TV mostra o vídeo do Ex-militar Bushman [o áudio do vídeo está em inglês, porém, é possível ver com perfeição as fotos que o especialista mostra].

Fonte: History - http://www.seuhistory.com/node/133501

 

Fabiana Souza
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+