Depois de largar a profissão, Dean Nicholson, ex-jogador de rúgbi do time escocês Edinburgh, largou tudo para viajar pelo mundo. E claro, prestes a entrar em uma aventura, Nicholson não tinha ideia do que estava por vir e nem de que conheceria uma gata viajante, que mudaria sua vida.

Na época, Nicholson saiu do rúgbi e tentou trabalhar como soldador. No entanto, a experiência não foi nada positiva. Em sua rotina, Nicholson trabalhava nove horas por dia e a ideia de deixar tudo para trás o deixava deslumbrado. Com isso, ele decidiu subir em sua bicicleta e viajar pelo mundo. Em sua aventura, o ex-atleta viajou para Amsterdã, Bélgica, Grécia, Suíça, Itália, Croácia e Bósnia, onde encontrou sua futura companheira de viagem.

Desde então, a gata viajante não saiu de perto de Dean

Publicidade
continue a leitura

Para Dean, tudo aconteceu da forma mais natural possível. De fato, parece que foi o destino que uniu os dois na aventura. "Foi um dia comum. Eu estava prestes a cruzar a fronteira para Montenegro e estava subindo uma grande colina de bike", afirma Dean. "Eu ouvi uma gata miando atrás de mim. Ela estava me seguindo colina acima. Então eu parei, encostei e ela simplesmente não saiu do meu lado. Eu a coloquei na frente da minha bicicleta e a deixei confortável para levá-la para a próxima cidade. Queria descobrir se ela tinha um microchip de identificação", completa.

Depois da Bósnia, o ex-jogador de rúgbi planejava seguir até a Tailândia. Porém, ele achou melhor mudar os planos. Com isso, ele passou a cuidar de Nala, como ele nomeou a gata viajante. "Ela me ensinou a desacelerar e aproveitar muito mais a vida. Com ela na bicicleta, as necessidades dela vêm em primeiro lugar e isso atrasou a viagem. Agora paramos e brincamos muito", conta Dean.

Publicidade
continue a leitura

Os dois já pedalaram por mais de 16 mil quilômetros

Com tanta viagem, Nala precisou até de passaporte próprio. Além disso, suas necessidades são as que ditam o roteiro das viagens. "Não pude ir ao Irã com a gata porque não há hotéis que aceitam bichos. O plano agora é pedalar pela Rússia na primavera", conta o viajante. E claro, todos ficam maravilhados com a amizade dos dois. Se amamos ver cachorros nas janelas de carros, como não amar uma gata viajante na cesta da frente de uma bicicleta?

Publicidade
continue a leitura

Ao lado de Nala, Dean já viajou para a Albânia, Grécia, Escócia e até andou de teleférico e caiaque. De fato, o sucesso foi tanto que os dois se tornaram um verdadeiro sucesso no Instagram. Atualmente, o perfil dos dois conta com mais de 800 mil seguidores e cerca de 1.000 comentários para cada publicação. Para acessar o perfil de Dean e sua gata viajante, basta clicar aqui.

Se você leu até, pode estar se perguntando como Dean consegue dinheiro para fazer as viagens. Afinal, pode ser que você queira fazer o mesmo. Segundo Dean, a publicidade gerada com seu canal no YouTube é o suficiente para sustentá-los. Com mais de 150 mil assinantes, muitos vídeos do canal já contam com mais de 400 mil visualizações. Agora, os dois planejam "passar o inverno na Grécia trabalhando em alguns santuários de animais. Depois, passaremos pela Rússia na primavera e seguiremos para a Tailândia", afirma Dean.

Publicado em: 26/10/20 12h32