Curiosidades

Ginecologistas revelam os 5 hábitos de seus pacientes que mais os incomodam

0

Ir frequentemente a um ginecologista é algo muito importante. Por mais que uma mulher não esteja sofrendo com nenhum problema aparente, a visita a um médico como este é essencial para a manutenção de uma boa saúde.

Aqui na Fatos por exemplo nós já falamos sobre esse assunto, como você pode conferir ou relembrar com as matérias sobre: ” 9 segredos que os ginecologistas nunca irão te contar, 8 confissões obscuras que ninguém teve coragem de te contar sobre ir ao ginecologistaO que a cor do sangue menstrual quer dizer?.

Mesmo assim, muitas mulheres evitam frequentar o consultório desses especialistas, por motivos relativamente banais, como a própria vergonha ou medo de se expor.

Pensando exatamente nisso, nós aqui da Fatos vamos hoje revelar quais são as 5 coisas que realmente incomodam esse profissional da saúde, segundo relatos de verdadeiros ginecologistas. Confira!

1- Quando as pacientes pedem desculpas por suas pernas ou partes íntimas peludas

Segundo Maureen Mulvihill, médico ginecologista particular no sul da Califórnia, ele constantemente escuta pedidos de desculpas de suas pacientes por estarem sem se depilar.

Segundo Maureen, ele realmente não se importa com isso, e nunca conheceu um médico que se importasse. Porém, o fato de suas pacientes se sentirem desconfortáveis, ou até mesmo acreditarem que precisam estar sempre depiladas, realmente o incomoda.

2- Quando as pacientes acreditam veemente naquilo que previamente pesquisaram na internet

Segundo o ginecologista:  “Nós amamos as pessoas que tomam um papel ativo na sua saúde. Mas os que investigam, mas não são capazes de perceber quais informações são realmente reais ou não, realmente pode nos incomodar. Discutir estes temas com eles é como falar de religião, porque não há nenhuma pesquisa médica real que os convença de qualquer coisa “.

3- Quando as pacientes não fazem os exames de prevenção como deveriam

Atualmente existem alguns exames –preventivos que podem e devem ser feitos a cada 3 e 3 anos, por mulheres que já estão na faixa estaria de 20 a 65 anos. Um deles e de extrema importância é o famoso Papanicolau e o teste de Papiloma Humano.

4- Quando os pacientes escondem seus sintomas

Segundo a ginecologista Dana Jacoby, que trabalha como médica particular em Nova Jersey: “Nossa responsabilidade é ajudar nossos pacientes a tomar decisões melhores para a sua saúde. Alguns problemas são embaraçosos, mas realmente são coisas que vemos todos os dias” e complementa: “Em alguns casos, o fato de superar sua timidez, pode salvar sua vida “.

5- Quando as pacientes realmente acreditam que os hormônios são os únicos responsáveis por uma libido reduzida

Segundo Cindy Basinski, médica ginecologista do estado de Indiana, nos Estados Unidos, “Os hormônios podem influenciar sim em sua libido, mas os fatores emocionais é que são determinantes quando o assunto é o desejo sexual de cada um”.

Ela complementa: “ Às vezes o único problema que uma paciência anda enfrentado são seus problemas com o seu relacionamento. A única exceção dessa situação por exemplo, são as mulheres que já entraram na menopausa”.

E então queridos leitores, você podiam imaginar que esses eram os maiores incômodos dos médicos especializados em ginecologia? Você acha que alguma outra situação também deve os incomodar? Conta pra gente aqui em baixo pelos comentários

Com doença terminal, mulher dá uma festa emocionante para celebrar suas últimas horas de vida

Matéria anterior

19 alimentos da sua infância que desapareceram e precisam voltar urgentemente

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar