icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Inteligência artificial detecta câncer de mama antes de médicos

POR Bruno Dias EM Curiosidades 26/06/20 às 15h28

capa do post Inteligência artificial detecta câncer de mama antes de médicos

Câncer é o nome dado a um conjunto de centenas de mutações patológicas que acometem pessoas em todo o mundo. Essas doenças são causadas por um crescimento de células anormal e fora do controle, que tomam conta de tecidos e órgãos. Quando não é tratado, esse crescimento exagerado celular pode ser fatal.

O câncer de mama já o segundo tipo de doença mais comum entre as mulheres no mundo, ficando atrás apenas do câncer de pele. As chances de alguém conseguir vencer esse tipo de câncer são grandes, quando ele é diagnosticado logo no começo.

Enquanto não existe uma vacina para prevenir o câncer de mama, os médicos têm uma notícia boa com relação à prevenção dessa doença. Pela primeira vez, uma inteligência artificial conseguiu superar os profissionais da área na detecção de possíveis tumores. Esse fato pode mudar a maneira como as pessoas lidam com o câncer de mama.

Essa inteligência artificial foi desenvolvida por pesquisadores da Google Health. E foi testada em mulheres da Grã Bretanha e dos Estados Unidos. De acordo com o estudo, que foi publicado na revista "Nature", o dispositivo conseguiu identificar 5,7% a mais de falsos diagnósticos do que os médicos nas pacientes americanas. E nas pacientes britânicas, a porcentagem foi de 1,2%.

Diagnóstico

Além dessas identificações, a inteligência artificial conseguiu fazer diagnósticos positivos que os médicos tinham deixado passar. Os casos positivos foram confirmados, mesmo sem o dispositivo ter acesso ao histórico médico das pacientes.

Nos EUA, a proporção de casos que passaram desapercebidos foi de 9,4%. Já na Grã Bretanha, essa taxa foi de 2,7%.

"Quanto mais cedo você identifica um câncer de mama, melhor é para a paciente. Pensamos nessa tecnologia de uma maneira que apóia e permite que um especialista, ou um paciente, em última instância, obtenha o melhor resultado de qualquer diagnóstico que eles tenham", disse Dominic King, líder britânico da Google Health.

Os especialistas da área já desenvolvem tecnologias desse tipo há anos. Tanto que, em maio de 2019, uma equipe do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) criou um mecanismo que conseguia prever o câncer de mama até cinco anos antes da doença se desenvolver.

Objetivo

O objetivo dessas criações não é substituir os profissionais de saúde, mas sim conseguir otimizar o trabalho deles. Isso porque p, atualmente, o câncer de mama é diagnosticado depois que as mamografias são analisadas por dois médicos diferentes. E isso leva um pouco de tempo.

Com essa inteligência artificial, os especialistas estão otimistas que esse método de identificação possa mudar. A ideia é que a primeira análise seja feita por um médico e a segunda, pela máquina. E se os resultados dessas avaliações forem diferentes, um outro profissional da saúde avalia os exames de novo.

De acordo com o que a equipe de King acredita, a inteligência artificial pode diminuir em até 88% a carga de trabalho dos profissionais que avaliam as mamografias.

"Ache um país onde você possa encontrar uma enfermeira ou um médico que não esteja ocupado. Há a oportunidade dessa tecnologia oferecer suporte ao excelente serviço existente dos humanos", concluiu King.


Próxima Matéria
Via   Galileu  
Imagens Startse Hypeness
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest