• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Mais de 100 baleias foram libertadas graças à pressão de Leonardo DiCaprio

POR Bruno Destéfano    EM Compartilhando coisa boa      19/07/19 às 15h44

Leonardo DiCaprio é uma das celebridades mais famosas que luta pela conservação do meio ambiente. Desde 1998, ele mantém a "Fundação Leonardo DiCaprio", que é uma organização dedicada a proteger a biodiversidade e combater as alterações climáticas. Todo o seu feed, no Twitter, é dedicado ao compartilhamento de notícias e petições ambientais. Inclusive, ao receber finalmente o tão esperado Oscar em 2016, ele passou boa parte de seu discurso emitindo apelo à ação contra as mudanças climáticas. Isso demonstrou impacto e paixão por causas ambientalistas que convergiram nesta semana. Muitas pessoas estão creditando DiCaprio pela liberação de dezenas de orcas e baleias belugas de um cativeiro russo. Aparentemente, mais de 100 baleias foram libertadas graças à pressão de Leonardo DiCaprio.

O elo entre DiCaprio e as baleias deriva de um tweet que ele publicou em fevereiro, no qual promoveu uma petição do site Change.org sobre a causa. "Por favor, assine esta petição e junte-se a mim para protestar contra a captura desumana de orcas e belugas na Rússia", escreveu.

Dentro de 48 horas, segundo a Reuters, as autoridades russas ordenaram oficialmente que as quatro empresas responsáveis ??pela "prisão das baleias" libertassem os mamíferos marinhos. Afinal, eles supostamente teriam vendido os animais para aquários e compradores chineses.

O poder da petição

DiCaprio pediu para que seus 19 milhões de seguidores assinassem uma petição online apoiando a libertação de animais. "Por favor, assine esta petição e junte-se a mim para combater a captura desumana de orcas e belugas na Rússia", publicou em 26 de fevereiro. Desde então, recebeu mais de 900.000 assinaturas. Ao que tudo indica, devido à pressão exercida pelo ator nas redes sociais, mais de 100 baleias foram libertadas.

Determinadas fotografias receberam uma onda de críticas desde que apareceram no ano passado. Estas imagens mostram cinco filhotes de morsas, 11 baleias e 90 filhotes de belugas. Todos foram mantidos em condições cruéis pelos proprietários que planejavam vendê-los para aquários chineses. O serviço de segurança federal da Rússia impetrou acusações contra quatro empresas por violar as leis de pesca.

O empurrão necessário

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que o presidente Vladimir Putin interveio pessoalmente para tratar do assunto. Assim sendo, o tweet de DiCaprio pode ter sido o empurrão final que as autoridades russas precisavam para finalizar o processo.

Vamos analisar os fatos: em 2010, DiCaprio participou de uma cúpula em São Petersburgo. O objetivo foi o dialogar sobre o resgate tigres da extinção. Entretanto, Putin fez uma pausa no meio de um discurso para elogiar a persistência e dedicação do ator ao ambientalismo. Até porque DiCaprio teve que fazer duas aterrissagens de emergência para chegar ao local.

"Uma pessoa com nervos menos estáveis ??poderia ter decidido não vir. Poderia ter entendido isso como um sinal", disse Putin. Em seguida, chamou o ator de mujique, usado coloquialmente para indicar um "homem de verdade". Se a paixão de DiCaprio inspirou o presidente russo em anos atrás, certamente poderia ter feito isso de novo.

Próxima Matéria
Via   newsweek     wmagazine     nation  
Bruno Destéfano
Escritor, fotógrafo e jornalista // Deixe que o conhecimento te revolucione de dentro para fora.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+