• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Menina que praticava bullying na escola é obrigada pelo pai a andar 8 km até a escola

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      07/12/18 às 14h01

Hábitos que antigamente pareciam corriqueiros e muitos falavam que "era coisa de criança", hoje são nomeados e vemos que eles não são apenas coisas infantis, mas sim que têm um impacto muito grande na vida das pessoas.

O bullying é qualquer tipo de tortura, seja ela verbal ou física, intencional e repetida, que pode ser feita por um ou mais agressores a uma determinada pessoa. Essa prática sempre existiu, mas foi nomeada na década de 1970. Recentemente, um vídeo polêmico se tornou viral na internet.

No vídeo, é possível ver uma menina de 10 anos andando por uma estrada dos Estados Unidos. Quem filmou a menina andando foi seu próprio pai de dentro do ônibus. No vídeo, o homem diz estar punindo sua filha porque ela tinha sido expulsa do ônibus escolar por praticar bullying com um colega, pela segunda vez.

Como punição, ela foi suspensa de pegar o mesmo transporte que os colegas durante três dias. Nesse período, a menina teria que ser levada pelos pais até a escola, que fica a oito quilômetros de distância. Mas seus pais decidiram ensiná-la de uma maneira talvez não muito ortodoxa.

Na postagem feita por Matt Cox, em seu Facebook, a menina aparece fazendo o trajeto para escola em uma temperatura abaixo de 0º C. O vídeo tem mais de 15 milhões de visualizações e 340 mil compartilhamentos.

Opiniões

https://www.facebook.com/matt.cox.735/videos/2191578667575986/

Depois de toda a repercussão que o vídeo teve, o pai resolveu se pronunciar. "Lição aprendida! Ainda tem todas as suas extremidades intactas [por causa do frio], está feliz e saudável e parece ter uma nova perspectiva sobre o bullying, bem como uma nova apreciação para algumas das coisas simples da vida que ela costumava achar que era garantido", disse.

O homem de Ohio já sabia que sua atitude iria dividir opiniões e seria questionada. Tanto que, até mesmo no vídeo, ele já diz que as pessoas podem discordar da sua atitude. "Eu sei que muitos de vocês, pais, não vão concordar com isso e está tudo bem. Estou fazendo o que acho certo em ensinar uma lição à minha filha para impedi-la de fazer bullying", explicou.

"Os pais precisam responsabilizar seus filhos [pelos atos deles]. Então, eu mostrei como eu responsabilizo minha filha. Eu não vou ser outro pai que apenas vai varrer as coisas para debaixo do tapete e dizer crianças são crianças", conclui.

Repercussão

Em tempos de internet, todas as opiniões são ouvidas, sendo elas contrárias ou favoráveis. No Twitter, as pessoas ficaram divididas com a atitude tomada pelo pai.

Próxima Matéria
Via   Bhaz  
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você


Fatos + Deezer (Podcast)

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+