• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Motorista ganha título de heroína do ano após ter resgatado homem morrendo de frio

POR Cristyele Oliveira    EM Compartilhando coisa boa      15/07/19 às 18h00

Não são atos grandiosos que nos fazem heróis. Mas sim atos de bondade e empatia, por menores e mais discretos que sejam. Toda forma de ajudar quem precisa é válida. Seja por um pequeno ato não planejado, um trabalho voluntário, ou uma simples conversa. Podemos fazer a diferença na vida de alguém com atitudes simples, mas que acabam sendo incríveis. Exemplo disso foi o que essa motorista de ônibus fez ao se deparar com um morador de rua no frio congelante dos Estados Unidos. Ao ver o homem morrendo de frio em um ponto de ônibus, a motorista o convidou para ficar com ela dentro do veículo durante o seu turno. Posteriormente, ela conseguiu até um abrigo para que o homem pudesse ficar.

E essa não foi a primeira atitude nobre da motorista Natalie Barnes. Ela já era conhecida entre os seus colegas como uma pessoa que faz de tudo para ajudar o próximo, além de ser uma ótima funcionária. Desde que foi contratada para trabalhar na frota de ônibus de Milwaukee, em Wisconsin, a motorista já recebeu vários elogios de passageiros por seu ótimo serviço. No final do ano passado, Natalie recebeu o título de heroína do ano pela sua atitude quanto ao morador de rua e mais ainda, por incentivar mudanças positivas em sua comunidade.

O encontro

Fazia muito frio naquela noite de outubro de 2018. A motorista estava trabalhando em seu turno normal, quando parou em um ponto e um senhor, chamado Richard, subiu no ônibus. As câmeras de segurança do veículo gravaram toda a interação entre os dois, inclusive o áudio. Posteriormente, o vídeo foi compartilhado no YouTube, onde mais uma vez, a motorista foi elogiada por sua linda atitude.

Acontece que Natalie já conhecia Richard de outra ocasião. No entanto, dessa vez, ela fez questão de conhecê-lo melhor. Ainda mais depois que o homem revelou à ela que estava oficialmente sem casa. Ela logo indagou o motivo, e Richard a explicou que já fazia uma semana que a sua casa havia sido hipotecada.

Como estava muito frio na rua, Natalie convidou o homem para ficar com ela no ônibus e se manter aquecido. "Bem, eu estarei na ativa até às 2:44 da manhã", ela diz. "Você quer ficar aqui comigo?", completou ela. O homem prontamente aceitou o convite.

No seu intervalo, a motorista se aproximou do homem e lhe ofereceu algo para comer e beber, insistindo para que ele aceitasse, porque já havia recusado a sua oferta anteriormente. Dessa vez, Richard aceitou a comida. "Eu não sei o que dizer, mas muito obrigado", disse ele. "Eu vou pagar de volta para você". "Não, você não vai", respondeu Natalie. "Não se preocupe com isso. Eu quero te ajudar".

A ajuda

Depois desse encontro, Natalie procurou a Community Adovates, uma instituição de advocacia que ajuda pessoas carentes. Ela conseguiu, junto a um amigo, colocar Richard em um abrigo temporário. Desde então, os dois se tornaram grandes amigos, e o Richard liga frequentemente para Natalie para colocarem o papo em dia.

"Ele me chama de seu "pequeno anjo da guarda". Fico feliz em dizer que ele está progredindo bem", conta Natalie.

Em um comunicado, publicado no site da agência de transporte público, o executivo do condado, Chris Abele, disse: "A gentileza, a compaixão e o respeito de Natalie por esse homem em necessidade é exatamente aquilo que a MCTS deseja representar. Natalie demonstrou o que todos nós precisamos fazer para combater a falta de moradias: cuidar uns dos outros e trabalharmos juntos. Sou profundamente grato pelas ações de Natalie".

Inclusive, a empresa de transporte até realizou uma cerimônia simbólica para nomear Natalie como a heroína do ano por conta de sua atitude.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+