NASA exibe provas de existência de água líquida e corrente em Marte

POR Magno Oliver    EM Ciência e Tecnologia      28/09/15 às 16h33

Marte é um planeta que não sai de foco da ciência, pesquisadores e cientistas da NASA. E isso se deve aos mistérios que a região de cor avermelhada esconde e até polêmicas que já foram descobertas por lá.

Batizadas de fios de água de "linhas de encosta recorrentes", a NASA anunciou ter descoberto água salgada líquida nas encostas de algumas montanhas em Marte. Segundo imagens de uma sonda em órbita sob o planeta vermelho, a MRO(Mars Reconnaissance Orbiter), leitos de cerca de 100 metros de comprimento e menos de 5 metros de largura foram encontrados no planeta vermelho.

De acordo com o chefe do programa de exploração de Marte da NASA, Michael Meyer, essas linhas "São faixas escuras que se formam no fim da primavera, crescem no verão e desaparecem no outono".

brines1p

Essas linhas eram velhas conhecidas da agência espacial americana, mas não foram confirmadas por conta da baixa qualidade na resolução das imagens. Conforme mostram as imagens em alta resolução, as estrias aparecem próximas às encostas da cratera Hale durante no período das estações quentes e Se alongam, logo em seguida, desaparecendo durante as estações mais frias.

Em entrevista à revista Nature Geoscience, Lujendra Ojha, do Instituto de Tecnologia da Georgia, afirmou que "Determinar se água líquida existe na superfície marciana é central para a compreensão do ciclo hidrológico e para o potencial da existência de vida em Marte"

marte3.

A NASA afirma que o próximo passo é atuar em parceria com a Rússia e enviar uma outra sonda para investigar o interior do planeta vermelho. A previsão é o envio de sonda em 2016 e já em 2018 mandar outra sonda para analisar a matéria orgânica.

Dois anos depois, uma missão será feita para coletar amostragens do que está escondido sob a superfície e se há a possibilidade de envio de astronautas para Marte.

CP_8iboXAAA9Rho

Magno Oliver
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+