Nesta quarta-feira (26/02), Ana Carolina Oliveira, mãe de Isabella Nardoni, teve uma filha, Maria Fernanda. Aos 35 anos de idade, Carol, como prefere ser chamada, está muito feliz com a chegada da filha. Além disso, ela e o marido, Vinicius Francomano, de 33 anos, já são pais de Miguel, de 4 anos.

A outra filha de Ana Carolina, a garotinha Isabella Nardoni, foi o que a tornou famosa. Contudo, por um motivo trágico. A menina foi morta em um caso que chocou o país, em 2008. Contudo, o pai da criança, Alexandre Nardoni, e a madrasta dela, Anna Carolina Jatobá, foram presos e condenados na Justiça pelo homicídio.

'Maria Fernanda foi planejada, desejada'

"Ela foi planejada, desejada', fala a bancária, Ana Carolina Oliveira, sobre o nascimento da nova filha, com o administrador Vinicius Francomano. Maria Fernanda nasceu nessa quarta-feira (26/02) na capital do estado. Dessa forma, Carol e Vinícius estão juntos há algum tempo e tiveram o primeiro filho, Miguel, em 2016. A bancária relata que o casal está muito contente com a chegada da nova herdeira. "Estamos muito felizes por esse momento", completou ela.

Há quase 12 anos, a bancária comoveu o país quando apareceu na imprensa pedindo Justiça para os acusados do assassinato de sua filha, Isabella, fruto de seu relacionamento anterior. Na época, a menina tinha 5 anos de idade, quando foi encontrada morta no jardim do Edifício London, na Zona Norte da capital, na noite de 29 de março de 2008. No entanto, apesar de, durante toda a investigação negarem o crime, o pai da criança e a madrasta dela foram presos e condenados. "A condenação foi uma resposta de que a Justiça foi feita", disse Carol, em 2010.

Seis anos depois do ocorrido, Carol e o marido tiveram Miguel. "Um filho não substitui o outro. Mas deixa uma bagagem", contou Carol, na época do nascimento. Depois disso, quando o caso Isabella completou dez anos, ela disse que tinha aprendido a "lidar com a dor" da perda da filha. Além disso, o "único sentimento que existe é a saudade", completou Carol. Desse modo, quando Miguel nasceu, Carol foi questionada se pretendia ser mãe novamente. Em seguida, ela respondeu: "Quem sabe? Se Deus quiser".

'O único sentimento que existe é a saudade'

Atualmente, Miguel tem 3 anos de idade e completa 4 anos no mês de maio. E na manhã chuvosa da última quarta, Maria Fernanda nasceu em uma das unidades do Hospital São Luiz, da Rede D'or. Depois de ter tido Isabella, Carol enfatiza que sempre pensou em ser mãe novamente. "Nunca descartei", disse Carol. "É um momento de realização. Estou feliz por viver a maternidade novamente, é uma benção de Deus", completou Carol.

No dia da tragédia, Isabella sofreu muito nas mãos daqueles que deveriam estar cuidando dela. Com isso, após diversas cenas de violência, ela foi atirada de uma altura de 20 metros. Com a repercussão do caso, Carol não costumava dar entrevistas. Mas quando anunciou a gravidez de seu primeiro filho, ela explicou como a comoção pública a ajudou a lidar com a perda da filha. "Nos primeiros meses, o caso da minha filha aparecia todos os dias na TV. De certa forma, a comoção das pessoas me ajudou. Havia quem chorasse como se tivesse perdido o próprio filho. Recebi muitas cartas, muitos abraços. As pessoas torceram e sofreram por mim. Não comparo problemas e dores. Mas não me permitiria ter um papel de coitada e ir para o buraco", disse Carol.

Publicado em:

27/02/20 18h43