Em 2018, a DC Comics lançou a DC Black Label, sua linha editorial de quadrinhos voltada para um público mais adulto. Assim, dentre os títulos anunciados, o que mais chamou atenção foi Batman: Três Coringas. A minissérie escrita por Geoff Johns e ilustrada por Jason Fabok prometia apresentar três versões do Príncipe Palhaço do Crime e focar em como os mesmos afetariam Bruce Wayne, Jason Todd e Barbara Gordon, os três personagens que o Coringa mais impactou no Universo DC (via Screen Rant).

A história é aguardada desde 2016. Em Justice League #50, Batman sentou no Trono Mobius, onde adquiriu conhecimento ilimitado. Assim ele descobriu que havia não apenas um, mas três Coringas. Após quatro anos de espera, em março de 2020, Batman: Três Coringas ganhou uma previsão de publicação. Dessa forma, desde agosto a minissérie vem circulando. Agora que já se encontra em sua segunda edição, a narrativa de Johns revelou que o Coringa já dominava Gotham City muito antes do Batman saber vestir um cinto de utilidades.

Contextualizando, Três Coringas mostra o trio de Príncipes Palhaços do Crime se unindo para orquestrar um grande plano contra o Homem-Morcego e a Bat-Família. Através dessa parceria, revelações vão surgindo. Como resultado disso, o enredo explica inconsistências apontadas ao longo dos anos. Agora que um dos Coringas foi morto por Jason Todd, será que o resto dos personagens conseguirão deter os dois palhaços restantes?

Publicidade
continue a leitura

Bom, visto que um dos Coringas revelou ser mais experiente do que poderíamos imaginar, o desafio foi estabelecido.

O Coringa e a origem do Batman

Publicidade
continue a leitura

De acordo com Batman: Three Jokers #2, existe um Coringa mais velho. Essa versão do palhaço é conhecida como "O Criminoso" e foi declarada mais velha do que poderíamos suspeitar. "Eu fui o primeiro", disse o vilão para Jason Todd. "Antes do Batman... Eu governava Gotham", revelou ele. Sendo assim podemos assumir que a corrupção de Gotham está diretamente associada ao Coringa, pois ele foi o primeiro grande chefe do crime.

Publicidade
continue a leitura

Isso significa que esse Coringa pode ter atuado como o primeiro Capuz Vermelho, operando o crime em Gotham das sombras. Se isso for verdade, ele é responsável pela origem de seu nêmeses, pois a edição o mostra sequestrando Joe Chill - assassino de Thomas e Martha Wayne. Se as edições futuras revelarem que Chill agiu à mando do Coringa, o significado por trás da morte dos Wayne ganhará ainda mais importância. Afinal, essas mortes resultaram na origem do Batman.

E então, o que você acha dessa possibilidade? Será que Batman: Três Coringas confirmará a ligação do palhaço à origem do Morcego? Compartilhe sua opinião com a gente.

Publicado em: 06/10/20 19h14