O próximo eclipse solar será no dia 21 de agosto, veja a melhor forma de observá-lo

POR Isabela Ferreira    EM Ciência e Tecnologia      18/08/17 às 15h51

Quando  o assunto é o fim do mundo, muita gente já trata logo de desconversar, isso porque sempre é um assunto muito polêmico e que divide opiniões. Muitos acreditam que o apocalipse está próximo, e que não seremos poupados por muito mais tempo, mas por outro lado, há aqueles que acreditam que isso não passa de uma história inventada por cientistas conspiracionistas. De qual lado você está?

Um evento que acontecerá na próxima segunda-feira (21/08) está deixando muita gente assustada, principalmente nos Estados Unidos. Um eclipse solar completo poderá ser visto dia 21, principalmente pelos moradores de países concentrados no hemisfério norte de nosso planeta. Mas por que isso poderia assustar? Bom, além da possibilidade de ver um "sol negro" por um curto período de tempo, há especulações de que o fenômeno antecederá o fim do mundo.

Explicamos melhor sobre isso em nossa matéria: Alguns teóricos estão dizendo que o eclipse no final deste mês é um presságio do fim do mundo, entenda, e também falamos sobre as 7 coisas estranhas que vão acontecer no dia do eclipse solar 21 de agosto. Dá uma conferida para saber um pouco mais a respeito!

Durante este dias, a maioria das cidades estadunidenses poderão ver o eclipse solar por completo, que terá duração aproximada de 3 minutos. O último evento semelhante aconteceu no ano de 1991, embora o que mais tenha se aproximado aconteceu apenas em 1918! A questão é que, quanto mais ao norte você estiver, melhores serão suas chances de observar o raro evento. Dados relatam que este será o mais visível de todos os tempos!

Rota do Eclipse

O trajeto do evento será capaz de produzir sombras com extensões de quase 110 km de largura, atravessando 14 estados norte-americanos de um lado para outro. Fora desta enorme sombra, outros países poderão enxergar o eclipse, mas de uma forma reduzida e sem toda essa intensidade.

Bom, mas e no Brasil? Também será possível visualizar o eclipse? A notícia triste é que não seremos capazes de ter uma vista tão nítida quanto os moradores dos Estados Unidos, visto que nos localizamos no hemisfério sul, porém, em alguns lugares ainda será possível enxergar parcialmente o fenômeno, sendo que os estados do norte e nordeste serão os mais privilegiados. Se você é morador de Oiapoque, no Amapá, já pode se considerar o sortudo da vez! Esta será a cidade com a melhor visualização do eclipse, possibilitando que seus moradores observem 55% do fenômeno.

Se você ficou curioso para saber como será o dia 21 de agosto na região em que você mora, nós vamos te responder! O site oficial de astronomia britânico pode informar dados precisos sobre o eclipse de acordo com sua região. Abaixo disponibilizamos algumas informações de acordo com os estados que poderão enxergar o eclipse:

Alagoas 

O sol poderá ser visto em 23,75% de seu tamanho no céu, sendo possível ver em Maceió, no período que compreende 16:31 até 17:57.

Amapá

A capital do estado possibilitará melhor visão do evento, onde 40,99% do sol será coberto pela lua, tendo início às 16:09 com término às 18:03.

Amazonas

Em Manaus começará às 16:12, terminando às 17:56. O sol poderá ser coberto em 21,26% em seu tamanho total no céu.

Bahia

Em Salvador o sol será coberto em 12,70% de seu tamanho, tendo início em 16:39 e terminando às 17:52.

Já em Barreiras, terá início em 16:21, terminando às 17:52.

Ceará

Fortaleza é considerada a segunda melhor capital para ver o fenômeno, com início às 16:20 e fim às 18:02. 40,55% do sol será coberto pela lua na cidade.

Distrito Federal

Talvez seja um dos lugares em que menos será possível enxergar. Tem início às 16:55 e fim às 17:39, com visualização de apenas 1,94% do evento.

Goiás

Falando em locais que serão pouco privilegiados... Goiânia poderá enxergar apenas 0,48% do eclipse, com início às 17:03 e término às 17:31.

Maranhão

São Luís é considerado o terceiro melhor lugar para enxergar, com 38,26% de visualização, e início às 16:17 e término às 18:03.

Mato Grosso

Não há nenhuma cidade em especial na listagem, porém, estima-se que entre 16:35 e 17:30 o norte do estado conseguirá ver o eclipse, que não passará de 10%.

Minas Gerais

Em Montes Claros terá início às 16:55, terminando às 17:39. A visualização poderá ser feita apenas ao norte da cidade, em cerca de 2,25%.

Pará

Em Belém terá início em às 16:13, terminando às 18:03. O sol será coberto pela lua em 38,90%, sendo umas das mais altas porcentagens.

Paraíba

Em João Pessoa a visualização do evento será de 32,19%, iniciando às 16:26 e terminando às 18:00.

Pernambuco

Em Petrolina o evento começa às 16:31 e termina às 17:58, sendo que será possível enxergar 21,21% do fenômenos no céu. Recife não aparece na lista.

Piauí

Em Teresina tem início às 16:22, terminando às 18:02. O eclipse poderá ser visto em 32,43% de sua totalidade.

Rio Grande do Norte

Em Natal tem início às 16:23 e termina às 18:01. O fenômeno poderá ser visto em 36,39%.

Rondônia

Porto Velho poderá ver 4,24% da totalidade do eclipse, sendo que terá início às 15:55 e término às 17:58.

Sergipe

O início do eclipse será por volta de 16:34, com término às 17:56. Será possível enxergar cerca de 19,15% do evento.

Tocantins

Terá início em Palmas às 16:35, terminando às 17:54. O sol será coberto em cerca de 12,87% de seu tamanho.

Caso não tenha encontrado sua cidade ou estado em nossa lista, pode dar uma olhadinha neste link disponibilizado pela própria NASA, que permite a busca de seu país, estado ou cidade, que também informa a hora de início e fim, e a porcentagem total que você poderá ver do eclipse.

Como observar?

Especialistas não recomendam que você olhe diretamente para o sol neste período, pois por mais que o eclipse seja apenas parcial para nós, ainda pode causar algum tipo de ma aos nossos olhos. Usar os tradicionais óculos escuros também não é o mais interessante. Gustavo Rojas, que é professor da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), aconselha o uso de óculos de soldador, daqueles mais escuros, que é capaz de bloquear a luz infravermelha.

Outro evento do tipo acontecerá apenas em 12 de agosto de 2045, e nós, brasileiros, teremos a oportunidade de enxergá-lo por completo (caso o mundo não acabe), embora outros eclipses parciais possam ser visualizados até lá.

E então pessoal, o que acharam? Será possível ver aí da sua cidade? Estão ansiosos? Compartilha aí com a gente pelos comentários!

Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+