Até então, o Homem-Aranha já foi interpretado por três atores na grande tela. De 2002 a 2007, Tobey Maguire incorporou o teioso; de 2012 a 2014, Andrew Garfield deu vida à Peter Parker e seu alter ego; e em 2016, Tom Holland assumiu o manto do herói, onde permanece até o momento. Este último, por sua vez, foi o primeiro a integrar o Universo Cinematográfico Marvel e compartilhar a tela com os demais personagens da Casa das Ideias. No entanto, recentemente, o MCU revisitou figuras de versões passadas do Aranhaverso. Após J.K. Simmons reviver seu papel como J. Jonah Jameson em Homem-Aranha: Longe de Casa (2019), Jamie Foxx está em negociações para reprisar sua performance como Electro no próximo filme do lançador de teias.

A notícia saiu há uma semana e foi suficiente para levantar diversas discussões e teorias entre os internautas. Para aqueles que não se lembram, Foxx interpretou Max Dillon em A Ameaça de Electro (2014). Dillon era um funcionário da Oscorp que ganhou poderes elétricos após um acidente de trabalho. Assim, ele assumiu uma nova persona, Electro, que nutria um rancor contra o Homem-Aranha de Garfield e resultou uma grande perda para o herói. Todavia, o que o retorno de Foxx ao papel significa para o MCU?

Segundo o CBR, se essa escalação for confirmada, isso indicará que a Sony e a Disney estão embarcando em uma experiência ousada para reunir seus universos de super-heróis. Assim como já dissemos aqui, Vingadores: Ultimato (2019) foi um grande marco para o cinema. O conceito de universo compartilhado criado por Kevin Feige serve como referência para Hollywood. Sendo assim, para suas próximas fases, a Marvel precisa fazer algo grande. Logo, a exploração do conceito de Multiverso parece coerente. Agora, além da adição de personagens novos, o estúdio revisitará narrativas icônicas.

Publicidade
continue a leitura

A importância do Homem-Aranha para o MCU

Publicidade
continue a leitura

Apesar de hoje Disney e Sony estarem cogitando uma parceria, há algum tempo atrás as empresas estavam em maus lençóis. Toda uma polêmica foi criada em torno da disputa pelos direitos sobre o Homem-Aranha na grande tela. No fim das contas, as companhias chegaram à um acordo e sabíamos que a Casa do Rato havia cedido para não arriscar perder o aracnídeo de Holland, que seria fundamental para suas próximas fases. Contudo, mesmo sabendo que Parker é um prodígio e pupilo de Tony Stark, não imaginávamos que ele assumiria o peso que o sacrífico de seu mentor deixou para trás, carregar o MCU nas costas.

Da mesma forma que mencionamos acima, isso é apenas uma teoria. Todavia, o retorno de Foxx será responsável por alterar o status dessa especulação. O que você acha que a Marvel pretende fazer com o ator? Gostaria de ver Electro no MCU? Seria esse o primeiro sinal de expansão do Aranhaverso? Compartilhe sua opinião com a gente.

Publicidade
continue a leitura

Imagens: Sony  Marvel

Publicado em: 09/10/20 12h36