Todos nós esperamos ansiosos para que a noite chegue e nós fiquemos em casa, tranquilos e sem estresse. Costumamos passar o dia no trabalho pensando em chegar em casa, tomar um bom banho, se alimentar bem e dormir. Uma boa noite de sono consegue restaurar qualquer pessoas. No entanto, não podemos fazer tudo isso que falamos em um curto prazo. Isso porque diversas pessoas costumam se deitar para dormir logo após fazer suas refeições. É bastante tentador tirar uma boa soneca logo após encher a barriga, pois dá uma preguiça boa de sentir. No entanto, devemos evitar fazer isso ao máximo e isso por recomendação de especialistas.

Dormir ou simplesmente se deitar após comer pode ter consequências bastante desagradáveis. Talvez você até tenha sentido alguns dos sintomas ruins que isso causa, mas não associou à causa. Sabemos que essa matéria não é bem uma notícia que você queria, mas é o correto falar. E foi pensando em tudo isso que decidimos trazer essa matéria. A redação da Fatos Desconhecidos listou alguns motivos pelos quais não devemos dormir logo após comer. Confira conosco a seguir e surpreenda-se. Aproveite para compartilhar com seus amigos e, sem mais delongas, vamos lá.

Por que não devemos dormir logo após comer?

1 - Sofre com azia

Publicidade
continue a leitura

Nosso estômago produz ácidos que tem como finalidade digerir os alimentos. No caso, a gravidade é de grande importância. Isso porque força para baixo o fluxo dos fluídos, entre eles o próprio ácido. Quando estamos com o corpo deitado, esse ácido se movimenta pelo estômago, podendo entrar em contato com áreas mais sensíveis. O resultado disso por ser a azia, aquela que incomoda e é dolorida. Uma sensação de queimação no peito ou garganta.

2 - Afeta a qualidade do sono

Publicidade
continue a leitura

Se você acabou de fazer uma grande refeição e foi dormir, o processo de digestão continua durante o repouso. Os motivos por trás de uma noite de sono ruim pode variar de pessoas para pessoa. Nossa mente pode permanecer mais ativa durante a etapa do metabolismo. Isso então prejudica o descanso. Outra razão pode ser o estado de alerta provocado pela azia. Tudo vai depender do tipo e da quantidade de alimento ingerido.

3 - Se torna mais comum ter pesadelos

Publicidade
continue a leitura

Os sonhos desagradáveis também podem estar ligados ao costume de comer e, em seguida, dormir. Como falamos anteriormente, a ativação do metabolismo deixa o nosso cérebro em estado de alerta. A pessoa então entra na chamada fase do "Movimento Rápido dos Olhos" (REM, na sigla em inglês). Esse é o momento em que os nossos sonhos acontecem. Logo, se você perceber que está tendo sonhos muito vividos ou assustadores, evite comer quando estiver prestes a ir para a cama. O recomendado por especialistas é fazer a última refeição do dia pelo menos três horas antes de dormir. Tente mudar esse seu costume.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Vale lembrar que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Publicado em: 07/10/20 14h50