Os 6 bugs mais comuns do cérebro humano

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Curiosidades      24/03/15 às 20h33

A palavra "bug" significa algum defeito ou falha de um computador ou outro aparelho eletrônico. O cérebro humano, como um dos "computadores" mais complexos que já existiram não poderia ficar à salvo.

Algumas vezes, os nossos sentidos ficam meio confusos por verdadeiros bugs que a nossa mente dá. Você provavelmente já sentiu alguns deles na própria pele, ou melhor, no próprio cérebro:

1. Pareidolia

cavalo

Essa palavra difícil é o nome daquilo que acontece quando a gente cisma que está vendo a imagem de um santo em uma mancha na parede ou quando achamos que uma nuvem tem formato de algum animal. Ou seja, quando interpretamos um estímulo totalmente vago como algo cheio de significado. Isso acontece porque o cérebro procura padrões em tudo o que vemos.

2. Gambler

jogo

Gambler, ou a Falácia do jogador, é a tendência que temos em achar que eventos relacionados a probabilidades podem ser influenciados por eventos aleatórios. Por exemplo, jogamos um dado 3 vezes e ele caiu no número 2 em todas elas. Em que número você acreditaria que ele iria cair na quarta vez? A tendência é acharmos que, se já caiu no 2 durante 3 vezes, na próxima vez também vai. Mas a probabilidade continua sendo a mesma para todos os seis lados. Esse bug de pensamento é responsável por fazer com que muita gente perca dinheiro em jogos de azar.

3. Efeito Halo

dv1560006

O efeito Halo é o responsável por julgarmos uma pessoas por uma única característica marcante. Por exemplo, se você é chefe de uma empresa e um dos funcionários se atrase por três dias seguidos, você vai começar a classificá-lo como um preguiçoso, independente dos resultados ou da eficiência que ele demonstre em seguida.

4. Desconto hiperbólico

desconto
Você prefere ganhar R$ 20,00 imediatamente ou R$ 100,00 daqui há um ano? Se fizer essa pergunta com o dinheiro na mão para 10 pessoas, 9 delas vão preferir 20 reais na hora. E isso é uma falha no nosso cérebro.

O desconto hiperbólico ou gratificação instantânea faz com que sempre prefiramos benefícios imediatos no lugar de gratificações posteriores, mesmo que isso envolva perdas. É o que acontece com quem prefere comprar algo a prazo para ter o objeto na hora em vez de guardar dinheiro e esperar um pouco mais para pagar à vista, ainda que os juros a serem pagos quase dobrem o valor da mercadoria.

5. Efeito placebo

remedios

Este é um dos bugs do cérebro humano mais conhecidos. O efeito placebo acontece quando uma substância sem nenhuma propriedade medicinal é dada a um doente com a promessa de que irá curá-lo e ele acaba melhorando realmente os seus sintomas. Esse fenômeno é tão forte que chegam a ocorrer alterações fisiológicas na pessoa, mas, diferente de um tratamento de verdade, esses efeitos são passageiros. Por isso, o efeito placebo é usado em testes para determinar se determinados medicamentos funcionam ou não.

6. Ilusão do controle

dados

Ilusão do controle nada mais é do que aquela tendência que temos em acreditar que podemos controlar ou influenciar acontecimentos sobre os quais não temos nenhum controle. Quando acertam o resultado do lançamento de um dado, por exemplo, a pessoa interpreta isso como a confirmação de que tem algum controle sobre o evento, sem considerar que havia, de fato, 1/6 de chance de acertar.

Bônus: Para que lado a bailarina gira?

dordecabeaae1
Alguns sites dizem que essa ilusão de ótica define qual lado do cérebro você usa mais, mas na verdade isso não passa de balela. A animação não demonstra nada disso e esse "teste de lateralidade cerebral" é pura besteira. O que faz você enxergar a bailarina girando para um lado ou para outro são outras pistas e predisposições cerebrais um tanto mais complexas — e não completamente compreendidas. A versão acima demonstra claramente como é fácil e arbitrário ver a bailarina girando para um lado ou outro.

Dessa forma basta olhar para o lado que você quer ver e ela girando e vai conseguir inverter as posições.

Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+