• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Os mais intrigantes avistamentos de OVNIs na Terra

POR Thamyris Fernandes    EM Mundo Afora      11/07/14 às 16h58

O universo é algo extremamente vasto e, como garantem os cientistas, continua a se expandir. Com milhões de galáxias espelhadas por todo esse espaço, será que só a Terra conta com formas de vida inteligente? Essa é uma pergunta que o homem espera para saber a resposta desde que tomou consciência de outros planetas por aí.

Aliás, a humanidade não espera de braços cruzados para que esse mistério seja resolvido. Inúmeros estudos já foram feitos sobre o assunto e algumas teorias dizem que pelo menos 100 milhões de galáxias podem ser habitadas por aliens. Outras hipóteses dizem ainda que os ETs - apelidinho carinhoso que costumamos dar aos supostos serem que vivem fora do nosso planeta - controlam a economia mundial e até mesmo o Vaticano.

Bom, seja lá sua opinião sobre essa temática, a verdade é que há eventos que deixam uma "pulga atrás da orelha", como você está prestes a descobrir. Conheça agora, os quatro casos que mais deixaram pessoas intrigadas sobre supostas visitas de "aliens" ao nosso mundo:

1. Aparição em Roma

Para você que pensa que essa história de OVNIS é recente, uma surpresa: desde a Roma Antiga, por volta do ano de 214 a.C, há relatos sobre esses acontecimento. Dizem que um historiador da época, conhecido como Lívio, escreveu sobre as aparições de "naves fantasmas", que brilhavam no céu.

Mesmo sendo uma descrição vaga, especialistas sobre o assunto acreditam que essa tenha sido uma das primeiras menções relatadas sobre a existência de alienígenas no mundo. Apesar disso, pesquisadores já encontraram desenhos "suspeitos" em cavernas.

1

2. A polêmica da Rússia

Não que os russos sejam as fontes mais confiáveis do mundo, mas dizem que o lugar já foi palco de algumas aparições nada convencionais. O caso mais polêmico aconteceu em 30 de junho de 1908, quando um objeto celeste caiu na região da Sibéria, próximo ao rio Podkamennaya Tunguska.

Milhares de quilômetros foram devastados devido ao impacto, mas o que impressiona é que nenhuma cratera ou objetos foram encontrados e ninguém morreu. Especialistas acreditam que o evento se deu devido a queda de um meteoro, algo semelhante ao que ocorreu em Cheliabinsk - também na Rússia - no dia 15 de fevereiro do ano passado.

Nesse episódio, um meteorito entrou na atmosfera e se transformou em uma bola de fogo e explodiu. Para quem acredita no assunto, o acidente foi causado devido à explosão de uma nave alienígena, que teria entrado na frente do meteorito para salvar a Terra. Será mesmo?

 

3. A queda no Novo México

Esse caso aconteceu em 1947, em Roswen, Novo México. Contam que um objeto voador não identificado caiu no deserto da região, nos Estados Unidos. Forças armadas do país foram acionadas, mas a conversa divulgada à população foi de que um balão de vigilância experimental havia despencado.

Claro que ninguém acreditou na história, até pela pressa do governo americano em fazer segredo dos acontecimentos. Foi então que surgiram os primeiros boatos da área 51, onde os cientistas supostamente teriam escondido os destroços da nave espacial.

 

4. As luzes de Washington

Em 1952, outro evento misterioso ocorreu nos Estados Unidos, dessa vez nos céus de Washington. A data exata do ocorrido foi o dia 19 de julho, por volta da meia noite, quando um controlador de tráfego aéreo da antiga Airport National notou pontos brilhantes no radar. Conforme relatos da época, os objetos não identificados estavam a 24 quilômetros, mais ou menos, ao sudoeste da cidade e nenhuma viagem havia sido comunicada para aquele momento.

O pessoal que foi notificado sobre os objetos contam que logo notaram não se tratar de uma situação comum. Os movimentos das naves eram muito estranhos, completamente radicais, se comparados com os que os aviões realizam.

Nas semanas seguintes, os moradores de Washington alegaram visualizar uma série de luzes laranjas brilhantes pela cidade, inclusive na Casa Branca e no Capitólio. As aparições se tornaram tão frequentes que até mesmo o então presidente dos Estados Unidos, Harry Truman, ligou para pedir alguma explicação.

Sob pressão, no dia 29 de julho do mesmo ano, as forças aéreas contaram à imprensa que as aparições eram um fenômeno aéreo: uma "inversão térmica" devido às condições diferenciadas do tempo.

Próxima Matéria
Thamyris Fernandes
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+