CuriosidadesEntretenimento

Os sabores de Jelly Belly vão te fazer querer vomitar

0

As famosas Jelly Belly, são uma espécie de geleia no formato de um grão de feijão e foram criadas na cidade de Los Angeles, no estado americano da Califórnia. A ideia da balinha surgiu a partir de um distribuidor de balas que contatou a empresa Herman Goelitz Candy Company, fundada em 1869 por dois imigrantes alemães, que tinha a reputação de fazer os melhores doces da região.

Os primeiros sabores da balinha eram Verry Cherry (cereja), Root Beer, Cream SOda (soda cremosa), Tangerine (tangerina), Grren Apple (maça verde), Lemon (limão), Liquorice (anis) e Grape (uva). As pequenas balinhas são feitas com ingredientes naturais e sabores autênticos que fizeram um enorme sucesso junto aos consumidores devido ao seu excepcional sabor.

s-l1000

Em 2006, inspirada no personagem Harry Potter da escritora J.K. Rowling, criou alguns sabores um pouco nojentos para o tão famoso doce. A Jelly Belly criou 10 sabores um tanto nojentos, alguns deles como cera de ouvido, creme dental, sardinha, ponta de lápis e até ovo podre.

Os produtos fazem parte de uma caixinha chamada Bean Blozled, que ao todo somam 20 balinhas com dez cores diferentes. Cada par de balinhas vem com uma balinha tradicional e outra com gosto nojento. Outros sabores estranhos são sujeira, minhoca, sabão, linguiça, queijo mofado, comida para cachorro enlatada, pimenta preta e tabasco.

jelly-belly-bulk_3

O sabor pêssego, por exemplo, tem o mesmo gosto do sabor “vômito” (claro que não é vômito de verdade, mas o gosto lembra). A balinha de coco tem a mesma aparência do que a de “fralda de bebê, até para fazer um trocadilho com o produto.

Veja abaixo o vídeo de pessoas experimentando e comentando os sabores estranhos, confira:

E aí amigos, já experimentaram os novos sabores da Jelly Belly? O que acharam? Comentem aqui pra gente!

 

Leia a carta assustadora que um canibal enviou a mãe de sua vítima

Matéria anterior

6 formas de mudar a cor dos olhos naturalmente

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Você também pode gostar