O reino animal é mesmo fascinante. Uma explosão de cores, de diversidade, de características próprias e únicas. Assim como os seres humanos, eles também têm personalidade, se comportam de maneira distinta, são capazes de se adaptar às situações mais adversas. Sem eles, a vida do ser humano não seria possível. Cada animal representa uma parte fundamental da cadeia alimentar, que mantém o equilíbrio do ecossistema.

Ele é realmente fascinante e amplo. Uma simples e rápida observação no meio nos faz ficar com diversas pulgas atrás da orelha. Isso porque há tanto o que aprender, que estudar ou apenas ver, que não sabemos por onde começar. Estudiosos do mundo inteiro dedicam suas vidas aos estudos dos animais. Alguns chamam a atenção por causa de suas aparências um tanto exóticas. Outros, se destacam pelo comportamento, alimentação e até mesmo pela forma de reprodução.

E no reino animal, vários são os animais que chamam a atenção. Por exemplo, o leopardo-das-neves, que é um dos mais importantes predadores das montanhas da Ásia Central. Ele tem um destaque pelo fato de poder caçar presas que pesam quatro vezes mais que ele.

Animal

Publicidade
continue a leitura

O leopardo-das-neves é menor do que outros grandes predadores e, geralmente, pesa entre 30 e 60 quilos. Esse animal tem um corpo robusto e curto com uma das caudas mais longas entre todas as espécies felinas. E é justamente o comprimento da sua cauda que dá ao leopardo a estabilidade nas falésias por onde ele passa.

O felino não tem problema em se adaptar a ambientes inóspitos e isolados. O animal consegue viver em lugares de até seis mil metros de altitude. E as culturas tibetanas e seus pastores admiram muito o leopardo-das-neves.

O leopardo-das-neves está na categoria de "vulneráveis" na Lista Vermelha de espécies ameaçadas da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN, sigla em inglês).

Publicidade
continue a leitura

Estima-se que existam entre quatro mil e 7.500 desses animais na natureza. E as maiores ameaças, para o animal, são caçadores e eventuais conflitos com criadores de gados. Foi por isso que a White Lion Foundation fez uma parceria com a Organização para Conservação e Desenvolvimento da Vida Selvagem do Baltistão no Paquistão para que a população de leopardo-das-neves fosse monitorada e protegida. E fazendo um trabalho também com as comunidades locais para construir currais para os gados que sejam à prova dos leopardos.

Vídeo

https://vimeo.com/404965702

O vídeo é bem raro porque o leopardo-das-neves é um animal solitário que habita poucos lugares do mundo. E isso faz com que seja uma espécie difícil de ser observada na natureza.

Publicidade
continue a leitura

Essa gravação foi feita por uma câmera remota nas montanhas que ficam ao norte do Paquistão. E foi possível graças a um esforço da organização de caridade britânica “The White Lion Foundation”, que se dedica à vida selvagem.

Por causa de sua morfologia, o leopardo-das-neves não consegue rugir como os outros grandes felinos. Mas ele consegue emitir sons para sinalizar várias coisas. No vídeo, “o macho adulto está exercitando suas chamadas vocais para estabelecer território e informar às fêmeas de que ele está na área”, explicou John Knight, membro da fundação White Lion, em um comunicado.

O rugido do animal não é como o de um tigre ou de um leão. Ele aprece um grito um pouco desesperado.

Publicado em: 16/04/20 12h57