Qual foi o verdadeiro motivo que fez o Brasil entrar na Segunda Guerra Mundial?

POR Fabiana Souza    EM Mundo Afora      16/09/15 às 18h05

A Segunda Guerra Mundial foi um dos conflitos mais letais da humanidade, marcado por inúmeros ataques, incluindo o Holocausto e uso de armas nucleares. Ainda hoje existem estudos para desvendar os segredos dessa época tão conflituosa da história, que por mais que tenha envolvido boa parte do mundo ainda abriga muitos mistérios.

A Guerra começou no dia 1º de setembro, quando as tropas de Adolf Hitler invadiram a Polônia, dando inicio ao conflito que duraria 6 longos anos e envolveria mais de 100 milhões de militares mobilizados. Uma parte intrigante da história da guerra que ainda é desconhecida por muita gente é por que o Brasil entrou na Guerra, pois nada tínhamos a ganhar com isso.

01-09-alemanha-invade-polonia-segunda-guerra-mundial-conflito-hoje-na-historia-history-channel

Pois bem, como muitos devem saber, no início do conflito o Brasil decidiu abster-se e assumir uma posição neutra à respeito da guerra. O país que nesse período era governado por Getúlio Vargas vivia a época do Estado Novo, um regime caracterizado pela centralização do poder e nacionalismo. Em janeiro de 1942, durante a conferência pan-americana no Rio de Janeiro, os países do continente americano decidiram por condenar os ataques japoneses aos Estados Unidos em 7 de dezembro de 1941, e romper o acordo diplomático com os países do Eixo (Alemanha, Itália e Japão). Contudo, Getúlio Vargas era contra a entrada do Brasil na Guerra: "Parece-me que os americanos querem nos arrastar à guerra, sem que isso seja de utilidade, nem para nós, nem para eles!"

Após isso, deu-se início a uma longa negociação entre Brasil e Estados Unidos em que o EUA queria permissão para instalar bases militares nas regiões Norte e Nordeste do Brasil para facilitar a sua posição na guerra em questões geográficas, em troca disso, o país financiaria a construção de uma grande usina siderúrgica no Brasil - a hoje chamada Companhia Siderúrgica Nacional - localizada em Volta Redonda, Rio de Janeiro. Após várias tentativas o acordo foi fechado e a marinha norte-americana foi trazida para a costa brasileira.

Vargas_e_Roosevelt

Sabendo disso, Berlim autorizou a marinha alemã a atacar os portos brasileiros que continham tropas norte-americanas, o que logo aconteceu com a marinha italiana que também ficou sabendo do tratado. Algum tempo depois a posição do Brasil já não era mais tão neutra assim e a marinha do país teve várias de suas embarcações atacadas e afundadas no Oceano Atlântico por submarinos alemães.

Após o ocorrido houve pressão popular para que o país assumisse uma posição de reação, daí então Getúlio Vargas assinou um contrato com Roosevelt (presidente dos Estados Unidos) para lutar ao lado dos Aliados (Estados Unidos, Inglaterra, França, União Soviética, entre outros) e no dia 22 de agosto de 1942 foi declarado estado de guerra no Brasil.

getuliovargas

O Brasil na Segunda Guerra Mundial

Em 1944 nosso país enviou cerca de 25 mil soldados para auxiliar as tropas Aliadas no combate a guerra. O Brasil ajudou em muitas vitórias importantes, como a tomada de Monte Castelo, Turim, Montese e outras cidades. Sendo seu combate mais difícil o da cidade de Monte Castelo onde mais de 400 soldados brasileiros foram mortos em batalha.

Segunda-Guerra-Mundial

Além de ceder seus portos para as tropas aliadas, o que lhes dava uma posição geográfica estratégica em relação aos adversários o Brasil também contribuiu de outras formas, como por exemplo, no fornecimento de matérias primas, como a borracha.

Foi importante também a participação da marinha brasileira, que realizou o patrulhamento e a proteção do litoral brasileiro, fazendo a escolta de navios para garantir a proteção contra ataques de submarinos alemães.

Fabiana Souza
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+