• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Quanto custa fazer turismo em Chernobyl?

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      17/06/19 às 14h40

O acidente nuclear de Chernobyl foi o maior de todos os tempos até hoje. Devido aos transtornos causados pela explosão em uma parte da Usina Nuclear, uma grande área foi infectada por uma forte radiação e isso danificou o solo do local de forma tão terrível que as pessoas não podem visitar algumas partes até hoje. Durante várias décadas desde o incidente, tem sido uma área abandonada e sem residentes humanos, já que todos tiveram que sair às pressas do lugar. Devido aos altos níveis de radiação registrados, ninguém pode ficar no lugar por muito tempo ou sem a devida proteção.

Em 1986, os residentes de Prípyat foram forçados a fugir de suas casas quando a Usina Nuclear da cidade se tornou uma enorme zona de desastre. Esta área da Ucrânia tem sido, desde então, um lugar sem população humana permanente, mas ainda vivem no local alguns insetos, já tem vida vegetal e até cachorros radioativos descendentes dos animais de estimação que foram abandonados há mais de 30 anos.

O local ficou em alta recentemente, graças à série Chernobyl, da HBO. A produção mostra um pouco melhor  tudo que aconteceu no local e os danos causados pelo acidente radioativo. Muito bem aceita pelo público, Chernobyl foi considerada a série com melhor aceitação de todos os tempos. Isso teve suas consequências, pois a cidade virou um grande palco turístico. Já havia excursões do tipo no local, mas a procura aumentou bastante no último mês.

Pensando um pouco melhor, resolvemos trazer algumas informações sobre os preços para fazer turismo por lá. Você já se imaginou em um dos lugares mais radioativos do planeta, ou que pelo menos tenha sido? Confira conosco um pouco mais a respeito e surpreenda-se.

Turismo em Chernobyl

De acordo com o USA Today, a Zona de Exclusão de Chernobyl, mais precisamente a cidade de Pripyat, registrou um aumento de 30% em visitas. Se continuar assim, estima-se que 150 mil pessoas tenham passado por lá até o fim do ano. As áreas mais visitadas são o parque de diversões de Pripyat e a unidade de reatores da usina. Uma enorme parte do terreno é aberta para visitantes. Outras áreas permanecem isoladas devido à alta radioatividade, incluindo o "cemitério de máquinas". Esse é o local onde os equipamentos usados na limpeza do desastre permanecem até hoje.

Para chegar no local do desastre, é preciso entrar em contato com empresas registradas pelo governo ucraniano. Assim, é possível agendar a visita. Os valores para um dia custam em média US$ 100. Essas visitas partem de Kiev, a capital da Ucrânica. Há uma van que leva os turistas até Chernobyl, que fica há cerca de duas horas de distância. Chegando no local, é necessário passar os pertences por máquinas de Raio-X e se ligar às regras. É obrigatório ainda pagar por um seguro de vida que custa US$ 10. Além disso, é proibido tocar em qualquer coisa, comer, beber ou fumar no local. Não pode sair das trilhas definidas pelos guias.

Mesmo após todo o acontecido, os turistas podem entrar em apartamentos, escolas, centros comunitários e chegar perto da usina onde tudo aconteceu. Eles precisam usar roupas que cubram todo o braço para isso. O governo ucraniano definiu esse turismo como algo seguro, pois a radioatividade nas áreas da excursão possuem baixo nível.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.




Matérias selecionadas especialmente para você

Diogo Quiareli
Geminiano, 24 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+