• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Quanto vai custar passar uma noite no espaço pela NASA?

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      12/06/19 às 18h35

Graças ao lançamento de uma estação espacial,os humanos começaram a entender mais do espaço. Esse local está nos ajudando a entender como podemos viver no espaço. E o mais incrível de se pensar é que, não muito tempo atrás, essa ideia não passava de pura ficção científica.

A quantidade de informação e conhecimento que nós podemos obter no espaço é simplesmente inimaginável. Buscando esse conhecimento, diversas histórias estranhas e descobertas aconteceram. E também alguns incidentes, inclusive alguns envolvendo a Estação Espacial Internacional (ISS) e que muitas vezes não foram revelados.

Visitar o espaço foi sempre um desejo do ser humano. O turismo espacial sempre rodeou nossas mentes. E empresas grandes, como SpaceX, Boeing, Virgin Galatic, Blue Origin e SNC, têm projetos para fazer com que esse sonho se torne realidade o quanto antes.

Aqueles, não astronautas, que puderem e quiserem pagar pela viagem ao espaço terão uma experiência inesquecível em suas vidas. Com o avanço da ciência, o tempo de arrumar as malas para essa viagem pode estar mais perto do que imaginamos. Ao que parece, logo logo vai sair da ficção e se tornará algo do mundo real.

Tanto pode se tornar concreto que a agência espacial norte americana afirmou que abrirá a estação em órbita para o turismo e outros empreendimentos comerciais. Segundo Robyn Gatens, vice diretora da ISS, ocorrerão duas pequenas missões de astronautas não profissionais por ano.

Esses astronautas não profissionais, segundo a NASA, poderão viajar para a ISS pelo período de 30 dias. E o modo de transporte que os levará até lá serão espaçonaves americanas.

"A Nasa está abrindo a Estação Espacial Internacional para oportunidades comerciais. E comercializando essas oportunidades, como nunca fizemos antes", disse o diretor financeiro, Jeff DeWit.

Viagem

Segundo a NASA, caberia as empresas comerciais privadas a responsabilidade de determinar a composição da tripulação e garantir que os astronautas atendam todos os requisitos médicos e tenham o treinamento correto para esses voos espaciais.

As empresas, que farão essas viagens, foram contratadas pela NASA. Elas são a SpaceX, que tem como proprietário Elon Musk, e usará como meio de transporte a sua cápsula Dragon e a Boeing, que ainda está em processo de construção da sua espaçonave, chamada Starliner.

Essas empresas devem cobrar para esses astronautas não profissionais uma taxa parecida àquela que eles cobram também para a NASA e seus astronautas. Algo em torno de 60 milhões de dólares por voo.

A NASA já tinha restringido qualquer uso comercial da estação espacial e proibiu seus astronautas de participarem de pesquisas com fins lucrativos. Mas a estação não é propriedade da NASA. Ela foi construída a partir de 1998, junto com a Rússia.

Em 2001, o empresário americano Dennis Tito se tornou o primeiro turista espacial quando pagou à Rússia aproximadamente 20 milhões para fazer uma viagem de ida e volta.

Esse anúncio da NASA, feito na sexta-feira (7/6),  faz parte de um movimento em direção à privatização total da ISS. Em 2018, o presidente americano publicou um orçamento que pedia que a estação fosse liberada pelo governo até 2025. E a agência espacial planeja voltar à lua em 2024.




Matérias selecionadas especialmente para você

Via   BBC  
Imagens Twitter
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+