icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Quem é e o que aconteceu com o homem do meme ''rindo de nervoso''?

POR Cristyele Oliveira EM Curiosidades 11/11/19 às 12h29

capa do post Quem é e o que aconteceu com o homem do meme

É praticamente impossível que você nunca tenha visto nenhuma imagem desse homem, vinculada a algum meme na internet. Esse é, sem sombra de dúvidas, um dos memes mais populares de toda a internet, o "rindo de nervoso". Muitas pessoas riem do meme e o compartilham sem nunca pensar na história, por trás dessa imagem, mas, como tudo na vida tem uma origem, essa imagem e o homem do meme também têm. Ele é András Arató, um engenheiro húngaro aposentado, de 74 anos. Se tornar um meme mundialmente famoso não era a sua meta de vida. Pelo contrário até pois, por um tempo, isso até atrapalhou a sua vida. Mas o jogo virou, e o meme mudou a sua vida para sempre, de uma forma positiva, felizmente.

Você pode até ter conhecido o meme recentemente, mas tudo começou há nove anos atrás. Na época, Arató estava fazendo uma pesquisa de imagem inversa de uma foto sua, e descobriu que havia virado um meme. Segundo ele, os internautas acharam o seu sorriso combinado ao seu olhar terrivelmente triste, e então começaram a chamá-lo de "Hide de Pain Harold", algo como "esconda a tristeza, Harold". Aqui no Brasil, ele se tornou o "rindo de nervoso".

A foto do meme

A foto, que se tornou um meme, fazia parte de um sessão de fotos, feita no ano anterior, em 2010, quando ele ainda trabalhava como engenheiro elétrico. "Um fotógrafo profissional entrou em contato depois de ver minhas fotos de férias no Facebook. Ele disse que estava procurando alguém como eu, em algumas imagens. Todo mundo é um pouco vaidoso por dentro, inclusive eu, então fiquei feliz que ele me quisesse", conta o ex-engenheiro.

Ele então participou da sessão de fotos e foi fotografado em vários locais e ambientes diferentes. E as fotos continuaram ao longo de dois anos. Nesse tempo, o fotógrafo tirou centenas de fotos para bibliotecas de imagens. Mas logo em seguida, veio a grande surpresa: András se tornou um meme.

"Eu pensei que as imagens seriam usadas apenas por empresas e sites, mas eu não esperava os memes. As pessoas cobriram o texto das minhas fotos, falando sobre suas esposas as deixando ou dizendo que sua identidade havia sido roubada e que sua conta bancária foi esvaziada. Eles usaram minha imagem porque parecia que eu estava sorrindo com a dor", explica András.

Com a grande exposição de suas imagens, não demorou muito para que jornalistas começassem a procurar pelo homem do meme. Eles queriam, a todo custo, entrevistar András. "Minha esposa odiava, ela achava que isso interferia em nossa vida particular e não gostava da maneira como fui retratado. As pessoas pensavam que eu não era uma pessoa real, que eu era uma criação do Photoshop, alguém até entrou em contato pedindo provas de que eu existia".

Repercussão

No começo, a exposição incomodou um pouco o András, mas como ele sabia que os memes não iriam parar, ele decidiu tirar proveito disso. Partindo do princípio do "se não posso vencer, vou me juntar a eles", assim ele o fez.

"Eu sabia que era impossível impedir que as pessoas fizessem memes, mas ainda me incomodava o fato de ter as páginas do Facebook. Algumas com centenas de milhares de seguidores, estarem usando minha fotografia como imagem de perfil e fingindo ser eu. Algum tipo de marca havia sido criada para mim e eu teria sido um tolo em não fazer uso dela. Então, em 2017, criei minha própria página de fãs no Facebook e a atualizei com vídeos e histórias de minhas viagens", conta ele.

A partir disso, tudo mudou, e as pessoas começaram a notar que ele havia assumido o controle do meme. E daí começaram a surgir até propostas de trabalho. "Eu recebi um papel em um comercial de televisão para uma concessionária húngara. O cachê desse comercial mudou a opinião da minha esposa sobre o meme. Agora, minha vida mudou dramaticamente. As pessoas me pedem para falar sobre a minha história, para demonstrar o poder dos memes".

E mais do que isso, hoje, além de meme, ele também é o rosto de várias marcas e até apareceu em um clipe musical. "O gigante alemão de encomendas por correspondência Otto me levou para fazer comerciais para eles. A banda de hard rock húngara Cloud 9+ tem uma música chamada Hide The Pain, comigo no vídeo. Sou o rosto de Totum, o cartão de desconto britânico administrado pela União Nacional dos Estudantes. Eu até dei uma palestra no TED", conta ele, animado com a repercussão. E também não é para menos, afinal, ele teve sua vida mudada completamente pelo meme.

Enfim, você já conhecia o homem e a história por trás desse meme? Conta para a gente nos comentários e aproveite para compartilhar com os seus amigos fãs de memes.


Próxima Matéria
avatar Cristyele Oliveira
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest