• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Saiba como foi o primeiro voo do maior avião do mundo já feito

POR Bruno Dias    EM Inovação      15/04/19 às 18h18

Viajar de avião para muitos é um sonho e quem já viajou, sabe o quão confortável e prática essa experiência pode ser. As distâncias parecem menores e o tempo que se leva para chegar ao destino final é muito mais rápido, do que em qualquer outro meio de transporte.

Várias pessoas têm medo de viajar de avião, ainda que ele seja considerado um dos meios de transporte mais seguros do mundo. A invenção desse meio de transporte pode ser meio confusa para os americanos, que insistem em dizer que ela pertence aos irmãos Wright. Mas sabemos que quem inventou o avião foi Santos Dummont.

E desde a época de sua invenção até os dias de hoje muita coisa mudou. Com ajuda da tecnologia, os aviões têm ficado cada vez mais modernos. A segurança e a funcionalidade dessas aeronaves são inúmeras. Desde aviões, que são feitos para meio de transporte de pessoas até aqueles que são construídos para levar alimento a áreas de risco ou de difícil acesso. E no dia 13 de abril, o maior avião do mundo decolou pela primeira vez. O voo aconteceu do Mojave Air and Space Port, na Califórnia.

O avião foi construído pela Stratolaunch, que é uma empresa de lançamento de foguetes. O avião tem aproximadamente 226 mil quilos e uma envergadura de 117 metros. Essa aeronave foi construída com o objetivo de jogar foguetes em órbita do ar.

O primeiro voo dessa aeronave durou 150 minutos e ela aterrizou com segurança. O que os idealizadores querem é que o avião voe a uma altitude de 35 mil pés, ou mais ou menos 10 mil metros. O objetivo é para que, dessa altitude, se consiga lançar foguetes e impulsioná-los para que orbitem ao redor do planeta.

Nesse primeiro voo, não teve nenhum foguete junto com o avião. Mas a Stratolaunch já tem pelo menos um cliente, a Northrop Grumman, para atender a este sentido. Essa empresa quer usar o avião para enviar seu Pegasus XL para o espaço.

Voo

As condições do voo foram normais e correram como o esperado. A velocidade atingida por ele foi de 280 quilômetros por hora. E o avião conseguiu chegar a uma altitude de 15 mil pés, ou seja, 4.570 metros.

"O voo em si foi suave, o que é exatamente o que você quer de um primeiro voo. Voou como havíamos simulado e prevíamos", contou o piloto de testes, Evan Thomas.

Alguns percalços aconteceram no caminho, mas não impediram que o voo inicial fosse feito. Ele aconteceu logo depois de a Stratolaunch demitir mais de 50 funcionários e cancelar os recursos para desenvolver os próprios foguetes.

Previsões

O que era previsto no começo era construir um conjunto completo de foguetes, e um avião espacial. O que possivelmente mudou esses planos foi a morte do cofundador da Microsoft, Paul Allen. Já que foi ele quem deu início à Stratolaunch em 2011.

E o nome de Allen foi bastante mencionado na coletiva de imprensa que a empresa realizou."Sem dúvida, ele teria ficado excepcionalmente orgulhoso de ver sua aeronave decolar. Mesmo que não estivesse lá hoje, eu sussurrei um "obrigado'", afirmou o CEO da empresa, Jean Floyd.

O futuro da empresa no desenvolvimento dessas aeronaves ainda é incerto, já que eles não falaram nada na coletiva, mas não custa torcer para que novas evoluções sejam alcançadas em breve.

Próxima Matéria
Via   Hypescience  
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+