Sempre que uma obra literária é adaptada para as telas, mudanças são realizadas. Visto que a migração de plataformas requer tais alterações, muitas delas são compreensíveis. Sendo assim, a Netflix fez reformulações em personagens e eventos criados por Andrzej Sapkowski. Apesar disso, The Witcher não deixou de ser um grande sucesso. Contudo, parece que a segunda temporada se afastará ainda mais de seu material de origem, o que tem preocupado os fãs.

De acordo com um recente relatório da Redenian Intelligence, a fortaleza dos Bruxos, Kaer Morhen, será diferente da apresentada nos livros. Segundo as informações divulgadas, vários novos membros do elenco, incluindo Emily Byrt, Chloe King, Sandy Amon Schwartz, Claira Watson Parr, Maria Raduga e Tash Soodeen, concluíram as filmagens e seus personagens. Embora nenhum deles tenha sido identificado ainda, é certo que eles interagiram com o núcleo de Kaer Morhen. O ator Basil Eidenbenz também esteve envolvido em uma cena com o elenco mencionado em sua interação com os da fortaleza dos Bruxos. Isso indica que Kaer Morhen na série Netflix será muito mais povoada do que sua contraparte original.

Portanto, a inclusão desses membros do elenco em Kaer Morhen parece revelar um afastamento substancial do mundo que vemos nos romances. Foi revelado em maio que a série deve apresentar vários novos bruxos, sendo um deles Hemrik, interpretado pelo dublê Joel Adrian. Ademais, recentemente, foi relatado que a série filmou uma grande cena de ação ambientada em Kaer Morhen, apresentando os bruxos adaptados dos romances, bem como uma variedade de novos.

Publicidade
continue a leitura

O que esperar da segunda temporada de The Witcher?

Publicidade
continue a leitura

Apesar da situação envolvendo Kaer Morhen, a Netflix não deixará os livros de lado. Muito pelo contrário. Segundo Yanil Coliva, do Pulp Fiction Cine, a segunda temporada parece estar adaptando O Sangue dos Elfos. Além disso, existem algumas histórias de A Espada do Destino. Em contrapartida, dificilmente O Tempo do Desprezo terá alguma relevância, pelo menos por agora. Sendo assim, existem três eventos principais que devem ser observados: o tempo de Ciri em Kaer Morhen; a apresentação dos Scoia'tael e - por último, mas não menos importante - o encontro de Geralt com Nivellen e Vereena.

O final da primeira temporada mostrou Geralt e Ciri se reunindo. Então, podemos supor que a próxima leva de episódios já começará apresentando o treinamento da garota na Escola do Lobo. Ali Ciri aprenderá a lutar e nos aprofundaremos no passado de Geralt, bem como na história dos Bruxos. Vale lembrar que Lambert, Eskel, Coen e Vesemir já foram cotados para a nova temporada e já contam até com seus respectivos intérpretes escalados.

Publicidade
continue a leitura

Por fim, podemos notar que, apesar de apostar na originalidade, a série busca se manter fiel ao material de origem. Inclusive, caso tenha sentido falta de Yennefer nesses detalhes, adiantamos que não deve se preocupar. Considerando que Anya Chalotra foi um dos destaques mais elogiados na primeira temporada da série, podemos esperar que, mesmo não estando incluída nesses eventos nos livros, ela os integre nas telas. E então, ansioso para a continuidade de The Witcher? Compartilhe sua opinião com a gente.

Publicado em: 10/09/20 12h39