• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Segundo a numerologia, se você nasceu em dias iguais, como 01/01, 08/08, você é especial

POR Jesus Galvão    EM Entretenimento      13/08/19 às 18h12

A numerologia, ou numerologia onomástica como também é conhecida, é uma pseudociência que estuda os números e sua influência sobre a vida das pessoas. A versão mais moderna da numerologia é derivada de uma miscigenação de uma grande variedade de conceitos, civilizações e culturas antigas.

Através de uma análise numerológica, os numerólogos conseguem ter um vislumbre sobre como alguns números influenciam nossa vida cotidiana. Bem como a espiritualidade, o intelecto, a nossa personalidade, e inúmeros outros campos de nossas vidas. A numerologia, assim como a astrologia, é uma ferramenta de autoconhecimento. Através dela, é possível apontar caminhos que o indivíduo pode vir a trilhar, a partir de algumas características intrínsecas, reveladas pelos números.

Para ilustrarmos a ideia sobre a numerologia, vamos analisar, por exemplo, o caso do número 8. Pessoas cujo o mapa numerológico apresenta esse número, costumam ter a vida ligada à objetividade, às conquistas materiais e podem vir a figurar em altos cargos. Isso, de acordo com a numerologia pitagórica, desenvolvida pelo filósofo e matemático Pitágoras, aproximadamente em 600 a.C.

Povo especial

O calendário utilizado, pela maioria das pessoas é chamado de calendário gregoriano. Ele tem origem europeia e é utilizado oficialmente pela maioria dos países. Aparentemente, algumas datas no calendário seriam ditas como "especiais".

Dando aos nascidos neste dia, os chamados de "povo especial", um toque cósmico. Essas pessoas costumam nascer em datas em que há repetição de dois números. Por exemplo, 8/8 (8 de agosto), 12/12 (12 de dezembro) e 3/3 (3 de março), entre outras datas.

Roberto Macchado, presidente e fundador da Associação Brasileira de Numerologia (Abran), explica como seria esse "povo especial". De acordo com ele, aqueles que nasceram em datas, que apresentam este tipo de alinhamento numérico, vieram ao mundo para romper barreiras.

"O povo especial representa 10% de toda a população. São pessoas com um desafio para a vida, são fora dos padrões comportamentais da sociedade. Geralmente são discriminados e acabam passando por esse processo de discriminação por serem diferentes", explica Macchado.

Mapa numerológico

Entretanto, pertencer a esse "povo especial" não necessariamente significa que sua personalidade está vinculada a sua data de nascimento. Como acontece com todas as pessoas, uma leitura do mapa numerológico completo se faz necessária, para se determinar todas as possibilidades que os números podem revelar sobre a nossa vida.

No mapa numerológico, podemos encontrar muitas informações. E elas não se restringem a um único número, que irá definir o indíviduo. "O mapa numerológico de uma pessoa tem 14 números e ela vive os 14 números", disse Macchado.

Assim, os nacidos em 1/1, ou seja 1 de janeiro, por exemplo, não necessariamente terão ressaltadas as qualidades e defeitos do número 1. Da mesma, as pessoas nascidas em 2/2, 2 de fevereiro, não terão suas leituras numerológicas restritas ao número dois, e assim sucessivamente.

Portanto, segundo a numerologia, o maior diferencial daqueles nascidos como o "povo especial" consiste nos desafios que essas pessoas enfrentarão por toda sua vida, fugindo e empurrando os limites dos padrões impostos pela sociedade.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Vocês acreditam em numerologia? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+