Curiosidades

‘Visons zumbis’ aparentemente estão escapando de suas covas

0
'Visons zumbis' aparentemente estão escapando de suas covas
A picture taken on April 28, 2015 shows a mink looking out from a cage at a mink farm near Stavropol. AFP PHOTO / DANIL SEMYONOV (Photo by DANIL SEMYONOV / AFP)

Na Dinamarca, ‘visons zumbis’, aparentemente, estão escapando de suas covas. Isso está acontecendo após um abate feito às pressas, em que autoridades temiam uma mutação no novo coronavírus. Com isso, criadores de visions tiveram que se sacrificar e enterrar milhares de visions em fossas rasas. No entanto, para nossa surpresa, visions que foram mortos, ou ‘visions zumbis’, estão retorando a superfície.

Mas, antes que nos assustemos, não estamos próximos a um apocalipse zumbi. Pelo menos, não por enquanto. Para explicar melhor essa parte, Thomas Kristensen, porta-voz da polícia nacional da Dinamarca esclarece o fenômeno. “Conforme os corpos se decompõem, gases podem se formar”, afirma. “Isso faz com que a coisa toda se expanda um pouco. Desta forma, nos piores casos, o vison é empurrado para fora da terra”, completa.

Segundo especialistas, o solo é o responsável pelo fenômeno

Em Jutlândia Ocidental, milhares de visons foram enterrados em uma vala comum em um campo de treinamento militar. Desse modo, os responsáveis pelo enterro tentaram controlar o fenômeno macabro. Para isso, eles colocaram terra extra em cima dos cadáveres. Com isso, os visions foram enterrados a um metro de profundidade.

Porém, como já era de se esperar, um metro não é suficiente para enterrar os animais. Mas, muito isso se deve ao solo. “Este é um processo natural”, afirma Kristensen. “Infelizmente, um metro de solo é apenas um metro de solo, ainda que isso dependa do tipo de solo. O problema é que o solo arenoso na Jutlândia Ocidental é muito leve. Então, tivemos que colocar mais solo no topo”, afirma Kristensen.

Além disso, a preocupação popular irá aumentar ainda mais. Isso porque, a mídia local informou que muitos animais podem ter sido enterrados próximo a lagos e reservas de água subterrâneas. Nessa situação, é possível que o solo e abastecimento de água potável tenha sido contaminado nessas regiões.

Existem problemas maiores que os ‘visons zumbis’

De acordo com Susan Münster, do conselho dinamarquês da água, em entrevista ao Jyllands Posten, “parece que ninguém realmente sabe as consequências disso”. Em seguinda, ele continuou. “Devo confessar que acho isso preocupante”, afirma. Leif Brogger, um político local, também se manifestou sobre o caso. “As autoridades estão brincando com nosso meio ambiente e usando-o como depósito de lixo”, afirma.

Para lidar a situação, muitos prefeitos já exigiram que os visions fossem desenterrados e incinerados. O Ministério do Meio Ambiente dinamarquês afirmou que o fenômeno se tratava de um “problema temporário ligado ao processo de decomposição”. Em seguida, eles acrescentaram que a área seria monitorada 24 horas por dia. Isso até que uma cerca fosse colocada. Tudo a fim de “evitar problemas potenciais para animais e humanos”.

Também vale lembrar que “pequenas quantidades de bactérias ainda podem ficar presas em seus pelos”, como lembra Kristensen. Por isso, “nunca é saudável chegar perto de animais mortos, portanto, é claro que isso é algo para ficar longe”, completa o porta-voz da polícia nacional da Dinamarca. Ao todo, a estimativa é que mais de 10 milhões de visions já tenham sido abatidos até o momento.

A Voyager 2 voltou a se comunicar com a Terra após 8 meses

Matéria anterior

Monolito recém-descoberto desapareceu misteriosamente e intriga as autoridades dos EUA

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.