Recentemente, um aparelho, um tanto quanto peculiar, chamou a atenção de diversos leitores. Sendo uma espécie de arma acoplada no nariz, você já pode reconhecê-lo da ficção. Afinal, para que serve esse robô nariz bizarro?

Na série animada "Futurama", existe o "cheiroscópio". Também conhecido como Smell-O-Scope, o dispositivo, inventado pelo Professor Farnsworh, é capaz de detectar odores. Contudo, na vida real, ele também existe e um novo uso foi recentemente descoberto para o aparelho.

Robôs podem sentir cheiros?

Publicidade
continue a leitura

Assistindo ao desenho Futurama, podemos, facilmente, rir das invenções do professor Farnsworth. Em um dos episódios, por exemplo, ele inventa o Smell-O-Scope. Mas afinal, qual seria a utilidade de um objeto que mede e detecta cheiros. Pelo menos, no desenho, o aparelho é bastante útil, para as bizarrices do episódio. Contudo, na vida real, o aparelho existe, desde o final dos anos 1960.

Os detectores de cheiro, chamados de olfatômetros, podem ser encontrados em diversas versões. Atualmente, o mais popular é o Nasal Ranger Field Olfactometer, que funciona como na ficção. Por meio de uma máscara, a pessoa que o usa inspira, e em seguida, o nível do odor é mostrado. Dessa forma, a maneira como sentimos os cheiros é logarítmica, como se fossem níveis decibéis. Nesse caso, o nosso senso de "olfato" não o segue linearmente. Por isso, nosso olfato não é tão preciso, e às vezes, pode "nos enganar". Muitas pessoas podem não levar a sério o dispositivo. Mas seus operadores são, de fato, muito sérios.

Ao redor do mundo, departamentos de saúde ambiental, estações de tratamento de água, aterros sanitários e até mesmo departamentos de polícia, acionam o Nasal Ranger, quando há "algo cheirando mal". Dessa forma, medir a intensidade de um odor pode ajudar a localizar a fonte do problema. Ou ainda, pelo menos, identificar quem estaria infringindo a lei. Entretanto, o dispositivo não é tão fácil de ser encontrado e por isso, não é dos mais baratos. Criado pela empresa St. Croix Sensory Inc., ele custa, em média, cerca de U$3.400. Atualmente, esse valor chega a cerca de 14.000 reais se convertidos.

Publicidade
continue a leitura

Aparelho usado para detectar o uso ilegal de maconha

Recentemente, a cidade de Bessemer, na Península Superior de Michigan, achou que seria uma boa ideia investir no aparelho. Embora o uso recreativo de maconha seja permitido no estado, os indivíduos estão limitados ao número de plantas que podem cultivar. Contudo, o forte odor da cidade indica que as pessoas podem não estar seguindo essa regulamentação. Dessa forma, as autoridades esperam detectar a origem das substâncias ilegais, que estejam nas redondezas.

Para operar o dispositivo, operadores precisam se qualificar como "farejadores". Além disso, os usuários precisam possuir uma máscara personalidade para o nariz. Com isso, o Nasal Ranger utiliza um tipo de vedação hermética. Aos poucos, oficiais da lei estão sendo treinados na cidade para manipular o dispositivo. De acordo com o prefeito da cidade, boa parte da população está preocupada com o uso do "telescópio nasal". No entanto, ele está animado com a nova tecnologia e espera que ela possa resolver seu problema.

Publicidade
continue a leitura

Para os que ficaram curiosos com o aparelho em "Futurama", aqui está um pequeno trecho da animação.

Publicado em: 28/01/20 22h13